Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Abstinência

 
Seja crise ou síndrome,
 o que vale mesmo é a abstinência.
 
 
Da mesma forma que um viciado em drogas, possa ter seus 'trimiliques',  um viciado em quaisquer outras coisas também terão sua forma de reação,  ao se ver impedido de 'consumir' o seu "vício", seja lá ele qual for.
 
Ao passar três longos dias sem tempo para abrir o computador e 'soltar meus bichos' diante da patifaria reinante nessa terrinha de meu deus  (deus nos acuda!), me vi  acometida por diversas reações.
 
Inicialmente preferi não ler nem saber quais  eram as últimas notícias  ou as últimas trapaças nesse Brasil tão varonil.  O afastamento das ocorrências me deixariam imunes, pensei.
 
De nada adiantou. Ou melhor, adiantou e muito para me transformar em mais uma brasileira desatualizada e ainda pior, pois nunca entendi nadica de nada de uma casa. De culinária, então, nem se fala, porque cozinha não é só paladar elaborar uma comida,  mas é uma verdadeira arte.  
 
Meu humor começou a se abalar e, de repente, me tornei uma mulher carrancuda.   Parei de acordar assobiando e cantando, a mesma música de sempre ("Eu falei que isso dar merda").
 
Ultimamente venho pensando em abandonar esse PUTEIRO NACIONAL, que começou como A Casa da Mãe Joana, em julho de 2007.   Após ficar sabendo que - imaginem ! - tanto Ciro Gomes quanto o ex-presidente destruidor do nosso país estão bem cotados para a Presidência, percebi que minha 'luta' nunca serviu para nada!   Foi  aí que   descobri que não escrevo para os outros, mas para mim mesma.
 
Ou seja, 
 
VAMOS À LUTA,
POIS A GUERRA NOS ESPERA 
 
 
Por falar em guerra, nada melhor que os ensinamentos contidos no livro A Arte da Guerra.