Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Baratas-tontas (Ratos também!)



 Suruba política


Muitos são os políticos que estão parecendo umas baratas tontas, num alucinado troca-troca de partidos, presumindo o que poderá acontecer nas próximas eleições de 2016, embora sejam eleições municipais,  visando cargos para prefeitos (com seus vices se arrastando atrás) e vereadores. 
 
 
MAIORES INFORMAÕES SOBRE AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES:  Eleição 2016 gera movimentação de troca de partidos no Congresso  - "Pouco mais de um ano antes da eleição de 2016, deputados e senadores insatisfeitos nos próprios partidos se movimentam para trocar de legenda a tempo de concorrer."
http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/09/eleicao-2016-gera- movimentacao-de-troca-de-partidos-no-congresso.html 




1 - Marina, a Rede e o PSB .  Coluna de Iliimar Franco, Panorama Político;: 

2 - O vai não vai no Senado - na mesma coluna de  Ilimar Franco, Panorama Político;  




3 - Masnifestação no fim de semana: Palavras de ordem: "Os ricos que paguem pelal crise."  Dúvidas:  . Quem , para eles, são os ricos que pagarão pelo rombo que os políticos deixaram, sejam de que partidos forem ? . Eles pensam que são isentos de pagar pelos gastos dos outros? 
 
 
Preso Político (perdão pelo engano, o 'título' é PESO político) - também está na coluna de Ilimar Franco, Panorama Político.  Fala sobre Jader Barbalho e seu filho, que deve  largar o Ministério da Pesca e ganhar outro cargo.  Jáder  Barbalho tem o apoio também do nosso vice Temer.  Ah!  O filhote de Jader Barbalho  quase foi eleito  governador !
 
 
 







 

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

SOU IGUALZINHO !




Reclamando do L---? do Serra?  Da Dilma?  Do Arrruda?  Do Sarney?  Do Collor?  Do Renan?  Do Palocci?  Do Delubio?  Da Roseanne Sarney? Dos politicos distritais de Brasilia?  Do Jucá?  Do Kassab?  Dos mais 300 picaretas do Congresso?

Brasileiro reclama de quê?

O Brasileiro é assim:   (uma dessas você já fez!)

1. - Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.
2. - Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.
3. - Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração.
4. - Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, e até dentadura.
5. - Fala no celular enquanto dirige.
6. -Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento.
7. - Pára em filas duplas, triplas em frente às escolas.
8. - Viola a lei do silêncio.
9. - Dirige após consumir bebida alcoólica.
10. - Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.
11. - Espalha mesas, churrasqueira nas calçadas.
12. - Pega atestados médicos sem estar doente, só para faltar ao trabalho.
13. - Faz " gato " de luz, de água e de tv a cabo.
14. - Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.
15. - Compra recibo para abater na declaração do imposto de renda para pagar menos imposto.
16. - Muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas.
17. - Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10 pede nota fiscal de 20.
18. - Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes.
19. - Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.
20. - Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.
21. - Compra produtos pirata com a plena consciência de que são piratas.
22. - Substitui o catalisador do carro por um que só tem a casca.
23. - Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem.
24. - Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.
25. - Freqüenta os caça-níqueis e faz uma fezinha no jogo de bicho. (Aqui pode haver megasena, mas o jogo do bicho é proibido!   Esquisito, não?)
26. - Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos como clipes, envelopes, canetas, lápis.... Como se isso não fosse roubo.
27. - Comercializa os vales-transporte e vales-refeição que recebe das empresas onde trabalha.
28. - Falsifica tudo, tudo mesmo... Só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado.
29. - Quando volta do exterior, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que traz na bagagem.
30. - Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.

E quer que os políticos sejam honestos...
Escandaliza- se com a farra das passagens aéreas...
Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo ou não?
Brasileiro reclama de quê, afinal?
E é a mais pura verdade, isso que é o pior! Então sugiro adotarmos uma mudança de comportamento, começando por nós mesmos, onde for necessário!

 
"Falamos tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos
e esquecemos da urgência de deixarmos filhos melhores
(mais educados, honestos, dignos, éticos, responsáveis)
para o nosso planeta, através dos nossos exemplos..."
 





O que empesteia o ar - Ricardo Noblat

 
“Tudo vale a pena quando a alma não é pequena”,
ensinou Fernando Pessoa, o maior poeta da língua portuguesa.
 

Ou como ensinou L---  em reunião com correligionários, a propósito da conjugação de crises que ameaça derrubar a sua sucessora: vale a pena perder ministérios, mesmo os mais importantes, desde que não se perca a presidência e não se vá preso. Para ele, o mais seria diletantismo ou poesia.
 
ADVERTISEMENT
Na esteira da demonstração de pragmatismo de L---, merece ser lembrado o que disse Jorge Viana (PT-AC), vice-presidente do Senado, ao comentar para a revista Carta Capital, na semana passada, a situação vivida pela presidente Dilma Rousseff.
 
Disse Viana: “Para salvar o governo, a única solução é piorar o governo. Seria melhor ter perdido a eleição”. Bingo!
 
É difícil apontar quem expressa melhor o sentimento que contamina o PT desde janeiro último – se L---, capaz de tudo para não perder o controle sobre a presidência, ou se Viana, que inveja a posição confortável dos eleitores do PSDB de Aécio Neves.
 
O ideal para Viana teria sido a eleição de Aécio, o infeliz a quem caberia administrar a herança maldita de doze anos do PT.

Na dúvida, premiem-se os cartões de Lula e de Viana. Até aqui, o partido navega dividido entre os que pensam como um e como o outro. O próprio Lula, até outro dia, pensava como Viana. Queria ver Dilma pelas costas. ATÉ AGORA NÃO ENTENDI COMO O CRIADOR PODE QUERER VER PELAS COSTAS SUA CRIATURA. A NÃO SER QUE ELE ADMITASEUS PRÓPRIOS ERROS"
 
...
 
 
 Artigo completo em

Rio ou Choro de Janeiro ?


Há uma foto acima em que não foi nenhum comentário nem foi colocado um 'título'.
Nem seria preciso !

domingo, 27 de setembro de 2015

CONFERINDO ...

 
AS PRETENSÕES PETISTAS:

 
  
O PT  PRETENDIA reunir 5.000 militantes na Praça da Sé, em São Paulo,
neste sábado (26) em defesa do partido e do governo da presidente Dilma Rousseff.  
 
 
A cúpula do PT considerava as três próximas semanas fundamentais para definir o futuro de Dilma.
 
 
Em tom de brincadeira, um integrante da cúpula do partido disse à Folha, sob a condição do anonimato, que a situação é tão delicada que "se o PT administrar um circo, o anão cresce".
 
 
O ex-presidente Luiz Inácio L--- da Silva não participará do evento.   O CRIADOR NÃO ARRISCARIA SUA IMAGEM NESSA MANIFESTAÇÃO EM DEFESA DE SUA CRIATURA.  O QUE ELE DIRÁ  QUANDO COMENTAREM QUE  FOI MUITO MENOS GENTE DO QUE  O ESPERADO?   E O QUE ELE DIRIA, CASO  ESTIVESSE PRESENTE  E APARECESSE  MUITA GENTE AO EVENTO?  DIRIA QUE FOI ELE O RESPONSÁVEL POR TANTA GENTE APARECER POR LÁ?  CASO NÃO APAREÇA O NÚMERO TÃO ESPERADO DE PESSOAS, ELE TAMBÉM NÃO COMPARECENDO AO EVENTO, A CULPA SERÁ  SÓ DE SEU PARTIDO ?
 
 
Com o apoio de movimentos sociais de esquerda, o ato, chamado "Primavera Democrática", promete ser "em defesa da democracia, contra o golpe e a criminalização dos movimentos sociais".     MAIS UMA VEZ, OS PETISTAS VÃO QUERER TAPEAR OS IMBECIS E USAREM  "O VERSO  CONTRA O REVERSO", OU SEJA,  NESSE CASO, A DEMOCRACIA CONTRA O GOLPE. 
 
 

OBS.: FIQUEI NA DÚVIDA SE DEVERIA OU NÃO COLOCAR AQUI O QUE PODERIA SER UM ANÚNCIO DE UMA MANIFESTAÇÃO PETISTA.  COMO  MINHA INTENÇÃO É ME VER LIVRE DESSA PRAGA DE PARTIDO, O CORRETO SERIA AGUARDAR OS ACONTECIMENTOS.  O JEITO FOI 'DEIXAR NA ESPERA' E VER O QUE ACONTECERIA!
 
 
 
PARA CONFERIR
 
NOTA:  Caso as esxpectativas do PT se confirmassem, o que não ocorreu, todos os jornais e sites mostrariam fotos das manifestações.  Como não apareceu um número suficiente de pessoas que justificasse  chamar a atenção para o 'evento', ninguém tocou no assunto.
 
 
 
 
 
 
 

DILMÊS

EM  TRÊS  LIÇÕES:
 

PRIMEIRA LIÇÃO:  
Todos que podemos cair, temos que ser solidários.
SEJAM SOLIDÁRIOS... CAIAM TODOS JUNTOS!
 
 
SEGUNDA LIÇÃO:
Em visita à usina Belo Monte, Dilma disse que o país  “tem um regime hidrológico muito sensível à água”. 
Eu não sabia., disse  Ancelmo Goes em sua  coluna de hoje
EU TAMBÉM NÃO SABIA QUE O BRASISL ERA UM PAÍS HIDROLÓGICO SENSÍVEL À ÁGUA!
NÃO SABIA ?  ATÉ PARECE QUE TAMBÉM SOU 'CRIMINOSA'!
 
 
TERCEIRA LIÇÃO:
A Língua de Dilma - A editora Record lança em janeiro "Dilmês - o idioma da mulher sapiens", de  Celso  Arnaldo. No livro, uma sátira política, o jornalista faz um estudo detalhado da forma como a presidente fala.
 LIVRO PARA RIR E ENTENDER O QUE FALA NOSSA PRESIDENTa


'Mais um passo' (texto e comentários) - Merval Pereira

 Merval Pereira  - http://blogs.oglobo.globo.com/merval-pereira/post/mais-um-passo.html 

 

Agora que o procurador-geral da República autorizou que o ex-presidente L--- seja ouvido pela Polícia Federal, a princípio como testemunha, no âmbito da Operação Lava-Jato, é preciso deixar claro que desde o início tudo está muito estranho. Qual a razão de o delegado da Polícia Federal ter solicitado autorização ao Supremo Tribunal Federal (STF) para inquiri-lo, já que ele não goza da prerrogativa de juízo?

Mais névoas surgem com a preocupação de Rodrigo Janot em demarcar o status jurídico de L--- no inquérito como testemunha, afirmando não haver indícios contra ele (?). Ora, o procurador-geral da República não tem atribuições, à luz da Lei Orgânica do Ministério Público da União, para se imiscuir na condução de inquérito policial no que toca às pessoas que não gozam daquela prerrogativa.   MESMO QUE TENHA AS CITADAS ATRIBUIÇÕES, ONDE SERÁ QUE ANDOU O PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA QUE TAMBÉM NUNCA SOUBE DE NADA?  SERÁ ISSO (nunca saber de nada) TRANSMISSÍVEL ?

Os membros do Ministério Público têm independência no exercício de suas funções, não estando, nesse aspecto, subordinados ao procurador-geral (artigo 127, § 1º, CF). As atribuições do PGR como chefe do MPF estão arroladas nos artigos 46 a 50 da Lei Complementar nº 75 de 20 de maio de 1993 (Lei Orgânica do Ministério Público da União).

Ele só tem atribuições para atuar no STF (artigo 46) e no STJ (artigo 48), à parte as suas funções junto ao TSE. Pois bem. Nenhum daqueles dispositivos legais o autoriza a se imiscuir nos feitos em trâmite na primeira instância, de atribuição, tão somente, dos procuradores da República (artigo 70, caput).

Segundo especialistas, o PGR, em seu parecer, extrapolou suas funções, usurpando as atribuições dos procuradores da República e da Polícia Federal. Não cabe ao ministro Teori Zavascki decidir sobre a condução de inquérito policial, no que toca aos que não têm prerrogativa de juízo.
O que teme Janot? Possivelmente, o fantasma da prisão preventiva de L--- . Segundo Janot, para L--- passar a investigado, “é necessário que a autoridade policial aponte objetivamente o fato a ensejar a mudança de status, o que será oportunamente avaliado”.

Temos dois fatos que podem levar a essa mudança de status de L---: a colaboração premiada de Ricardo Pessoa, que já foi enviada para a força-tarefa da Operação Lava-Jato pelo Supremo no que se refere a acusados sem foro privilegiado, que é o caso de L---; e a provável delação premiada do ex-deputado Pedro Corrêa, do PP, que já teria declarado aos procuradores de Curitiba que tratou diretamente com L--- a nomeação do diretor Paulo Roberto Costa com a função específica de levantar dinheiro para seu partido.

Corrêa teria dito, ainda, que a então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, também tratou com ele de assuntos relativos ao escândalo da Petrobras, e, após eleita presidente, participou de negociação entre grupos do PP para acalmar as divergências sobre divisão de dinheiro entre membros do partido. Segundo o deputado, Dilma se queixava de que aquela era uma “herança maldita” que recebera de Lula.

Ter-se livrado de inquérito do mensalão sobre pagamentos de propinas em Portugal, se por um lado é motivo de alívio para L---, por outro não significa que esse episódio não será devidamente esclarecido. Ele está sendo apurado na Lava-Jato também, e em inquérito em Portugal que envolve o ex-primeiro-ministro português Sócrates. 
 

PMDB se prepara - A entrada da senadora Marta Suplicy no PMDB teve todos os ingredientes de um grande ato político, e marca uma diferença fundamental entre os dois maiores partidos da base governista. Enquanto o PMDB se prepara para abandonar o governo — por meio de discursos de seus principais líderes ontem e do de Marta, enaltecendo as qualidades conciliatórias de Michel Temer, e depois daquele programa de propaganda eleitoral em que deixou de lado os pruridos e colocou-se na oposição —, o PT tenta estancar a sangria que vem sofrendo a partir do prazo final para troca de partido aos que querem concorrer às eleições municipais de 2016. Sangria da qual Marta, que disputará a prefeitura de SP, e Alessandro Molon, que deve ser o candidato da Rede à prefeitura do Rio, são os melhores exemplos.
 

sábado, 26 de setembro de 2015

RATOS ABANDONAM O BURACO



 
 
 
 
Menos TRÊS?
Depois de perder Alessandro Molon (RJ) e Weliton Prado (MG), o PT está prestes a ver a saída de mais um deputado. Odorico Monteiro (CE) está a caminho do PROS. O novo chefe do partido no estado já é ligado a ele.
 
 
 
 
Na porta de saída
O ministro Gilberto Kassab (Cidades) deve levar para o PSD o líder do PROS na Câmara, Domingos Neto. Com a mudança da família Gomes, à qual Neto é ligado, para o PDT, o PROS mudou os dirigentes no Ceará, sem ouvi-lo.
 
 
Troca-troca. Os deputados Abel Mesquita Jr. (PDT) e Juscelino Filho (PRP) acertam filiação no DEM com seu presidente, o senador José Agripino.
 
Ilimar Franco - PANORAMA POLÍTICO
 
 
COMO NO PRÓXIMO ANO HAVERÁ OUTRA ELEIÇÃO,
OS RATOS COMEÇAM A SE MOVIMENTAR ATRÁS DE UM  PARTIDO
QUE ACREDITAM PODERÁ LHES OFERECER MAIS VOTOS.
 
CORRAM RATAZANAS!
 
 
 
 

Albert Einstein - PARA RIR (E APLAUDIR)


RECEBIDO POR EMAIL


“...Se um dia tiver que escolher entre o mundo e o amor...
Lembre-se:  se escolher o mundo, ficará sem o amor,
mas se escolher o amor, com ele conquistará o mundo.”
Albert Einstein

 
Albert Einstein (1879-1955 - Prêmio Nobel de Física em 1921, gozava de uma rapidez mental própria de um humorista genial.

 *****

Nos anos vinte, quando Albert Einstein começava a ser conhecido por sua Teoria da Relatividade, era com frequência solicitado pelas Universidades a dar conferências. Como não gostava de dirigir, mas o automóvel era muito mais cômodo para seus deslocamentos, contratou os serviços de um motorista. Depois de vários dias de viagem, Einstein comentou com o motorista, como era aborrecido repetir a mesma coisa todas as vezes.

- "Se quiser - disse-lhe o motorista - posso substituí-lo por uma noite. Ouvi sua conferência tantas vezes que a posso recitar, palavra por palavra."

Einstein concordou e, antes de chegar ao lugar seguinte, trocaram suas roupas e Einstein tomou a direção.

Chegaram à sala onde se ia celebrar a conferência e, como nenhum dos acadêmicos presentes conhecia Einstein, não se descobriu a farsa.

O motorista expôs a conferência, que havia ouvido tantas vezes Einstein repetir.

Ao final, um professor na audiência lhe fez uma pergunta.

O motorista não tinha nem ideia de qual poderia ser a resposta, mas teve uma fagulha de inspiração e lhe respondeu:

- "A pergunta que o senhor me faz é tão simples, que deixarei que a pessoa que está ao fundo da sala a responda... que é o meu motorista."
 

*****
 
OUTROS ''CAUSOS''


Um jornalista perguntou a Einstein: 
- "O senhor poderia me explicar a Lei da Relatividade?"
E Einstein lhe respondeu:
- "O senhor pode me explicar como se frita um ovo?"
O jornalista o olhou intrigado e respondeu:
- "Claro que sim, posso."
Ao que Einstein replicou:
- "Bem, então o faça, mas imaginando que eu não saiba o que é um ovo, nem uma frigideira, nem o óleo, nem o fogo"


Durante o nazismo, Einstein, por ser judeu, teve que suportar uma guerra contra si a fim de desprestigiar suas investigações. Uma dessas tentativas se deu, quando reuniram as opiniões de 100 cientistas, que contradiziam as de Einstein, editadas num livro chamado "Cem autores contradizem Einstein".
A isto Einstein respondeu:
- "Por que cem?  Se eu estivesse errado, bastaria somente um.

 

Em uma conferência que Einstein fez num Colégio da França, o escritor francês Paul Valery lhe perguntou:
- "Professor Einstein, quando tem uma ideia original, o que faz? A anota num caderno ou em uma folha solta?"
Ao que Einstein respondeu:
- "Quando tenho uma ideia original, não a esqueço."


 
Einstein teve três nacionalidades: alemã, suíça e norte-americana.
Ao final de sua vida, um jornalista lhe perguntou que possíveis repercussões estas mudanças tiveram sobre sua fama.
Einstein respondeu:
- "Se minhas teorias tivessem se tornado falsas, os americanos diriam que eu era um físico suíço, os suíços que eu era um cientista alemão, e os alemães que eu era um astrônomo judeu".


 
Conta-se que em uma reunião social, Einstein encontrou com o ator Charles Chaplin. No transcurso da conversa, Einstein disse a Chaplin:
- "O que sempre admirei em si é que sua arte é universal, todo mundo o compreende e o admira".
Ao que Chaplin respondeu:
- "A sua é muito mais digna de respeito: todo mundo o admira e praticamente ninguém o compreende".

 


 

UMA NAÇÃO SEM FUTURO E SEM OPÇÃO

 
Nos últimos meses, decorrência da Operação Lava - Jato, iniciada em 17 de março de 2014, pela Polícia Federal (PF), várias áreas foram descobertas como focos de grandes falcatruas e golpes.
A Lava - Jato já atingiu sua fase nº 19 (denominada de Nessum Dorma – Ninguém Dorme), e obtém êxitos arrasadores ao prender sacripantas corruptos e delatores, que ao abrir seus bicos, esclarecem como o País foi violentamente explorado nos últimos anos.
É um saco cheio de sujeiras, e em sequência e ao mesmo tempo, grandes golpes são descobertos em outras áreas, além da imunda Petrobras.
Ninguém dúvida, que se aprofundando nos meandros do BNDES aflorarão, além das patifarias econômicas, as asquerosas intenções ideológicas.
No mesmo caminho, caso se aprofunde nas gastanças dos estádios (agora arenas) para a Copa do Mundo, descobriremos o quanto esta Nação foi descarada e, explicitamente, roubada.
Certamente, a Operação Lava - Jato prosseguirá descobrindo novos meandros, novas falcatruas e viscosas malandragens.
Diariamente, as novidades de roubos envolvem quase todos os partidos, e diversas autoridades do alto escalão. Jornais, revistas e televisão abordam sem cessar as más notícias.
 Dia a dia, brasileiros tomam conhecimento e, provavelmente, se envergonham de seu País ser a terra natal de tantos patifes.
 Contudo, considerando - se que somos cerca de 200 milhões de habitantes, e raciocinando que 115 milhões votam, entendemos que o efetivo que realmente acompanha os noticiários, não chegue a 10 milhões.
Ou seja, a massa nem toma conhecimento do que está acontecendo.
Dias atrás, tive um contato com um Coronel da Reserva, e na conversa, lá pelas tantas falei que fui Presidente do Ternuma (ONG Terrorismo Nunca Mais, criada em 1998) por três anos.
 O Coronel curioso me perguntou, “ o que é o Ternuma”?
Atualmente, tenho evitado redigir meus curtos e jocosos textos, pois a sua finalidade principal era acordar a população nacional que vive às margens da sociedade, pois, de fato, seus “eméritos” componentes não procedem como cidadãos.
Infelizmente, meus textos foram em vão.
Os poucos que acompanham o nosso cenário de crise, em geral acreditam que a ameba será afastada, de um jeito ou de outro.
Pode ser. Motivos e respaldos legais não faltam. Porém nada que a impunidade não resolva.
Na prática, devemos aguardar a pior das soluções, uma vez que muitos políticos do alto escalão estão envolvidos nas falcatruas e, portanto, só ocorrerá algo que não os prejudique.
Basta observarmos como o tempo vai passando e nenhuma medida eficaz é desencadeada para o bota fora da inútil, e isto ocorre pela busca dos interessados por uma solução que não os prejudique.
De nossa parte, aguardamos que o conluio das partes interessadas, os levem à exclusão da inútil; entretanto, quem conhece as artimanhas de nossas autoridades, pode deduzir que o resultado deverá ser o melhor para todos.
Para eles, é lógico.
Ocorra o que ocorrer, lamentavelmente, inclusive com a nova CPMF, esta é uma Nação sem futuro e sem opção.
Brasília, DF, 23 de setembro de 2015
Gen. Bda Rfm Valmir Fonseca Azevedo Pereira

CORRUPÇÃO EM FATIAS



Fatiamento da Lava Jato dificulta investigação em outros setores
 
 
A decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de fatiar a Operação Lava Jato deve dificultar, num primeiro momento, os acordos de delação premiada. É que, no estágio atual das investigações, os procuradores exigiam que os delatores entregassem "novos mercados" em que há corrupção, e não apenas o setor de petróleo, sobre o qual o Ministério Público já detém um vasto arquivo.
 
O STF decidiu que informações que não tenham conexão direta com a Petrobras devem ser agora investigadas por outros procuradores e fora da jurisdição do juiz Sergio Moro. E surge a dificuldade: um magistrado só pode dar ao réu os benefícios da delação premiada depois de comprovar que as informações fornecidas por ele são reais. Como elas serão investigadas fora do Paraná, surge a dúvida de como poderão ser usadas nos processos tocados por Moro. 

...

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

PACTO COM O DEMÔNIO


 
Dilma tenta pacto com o demônio para salvar governo, diz FHC
 
De acordo com o  ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), a presidente Dilma Rousseff fez um verdadeiro "pacto com o demônio",  quando, em seu desespero, ofereceu diversos ministérios ao PMDB.
"Vai governar como? Não vai. Vai ser governada", diz o líder tucano.
 

 

 
 
 
"O tempo dela está se esgotando", disse FHC. Para ele, os defensores do impeachment ainda não encontraram uma "narrativa convincente" para abrir na Câmara dos Deputados o processo que permitiria afastar Dilma do cargo.
 O ex-presidente disse ainda que a crise política fará o PT encolher nos próximos anos, mas, em sua avaliação, o partido seguirá ocupando espaço relevante na política brasileira.
Parece que FHC se enganou  duas vezes: 
Primeiro engano:  O  tempo de Dilma não está se esgotando, ele já se esgotou.  Aliás  não foi só o tempo de Dilma que se esgotou, foi o tempo do PT, que surgiu  dizendo  que faria o que nunca fez.  Desse  jeito,pode até parecer que o dinheiro de   FHC  está tão curto que não dá mais para comprar nem mesmo um relógio!
 
Segundo engano:  "o partido seguirá ocupando espaço relevante na política brasileira".   O partido não seguirá ocupando espaço relevante, pois nem  seguirá adiante. Basta comparar a quantidade de gente que aparecia nos comícios do criador  de Dilma anteriormente e o que ocorre agora.  Basta apenas verificar a esperança que os trabalhadores tinham no surgimento de um partido que lhes acenava com grandes esperanças e atualmente os faz 'morrer de fome'  (quem  ainda não 'morreu de fome', basta esperar para ver o que isso significa!)        
 
 
 A seguir, trechos da  entrevista da Folha de São Paulo com FHC,
que está completa no site  acima:
 


Dúvida de FHC, ao parecer que vive em outro planeta e nem sabe do que está acontecendo em nosso país:  Qual é a mágoa que a população tem da presidente? Ela ter dito uma coisa [na campanha] e fazer outra [no governo]. O que a salva em certos setores da opinião, o ajuste econômico, é o que a condena diante de outros?   
FHC não sabe o que é ficar desempregado, não sabe qual é o peso de não ter dinheiro para pagar suas contas no final do mês, verificar que o  Partido que tudo aparentemente lhes deu, depois tomou de volta.
 
Outra dúvida de FHC:  O afastamento de Dilma seria suficiente para resolver isso  (se referindo a problemas atuais)O afastamento de Dilma pode não resolver tudo, mas já seria 'suficiente' para alguns e bastante simbólico para outros. Na verdade, grande parte dos brasileiros que já está de saco cheio de ver seu dinheiro indo para o ralo.
 

CORRAM POIS O DEMÔNIO VEM AÍ !



 

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

As portas do Vaticano estão abertas aos imigrantes.



Com a mesma mão  que cumprimentou o cubano Fidel Castro, o Papa Francisco cumprimentou o  presidente americano Barak Obama.
 
 
Porém, o mais assustador foi  ele ter  saído em  defesa dos imigrantes que estão fugindo de seus países e invadindo a terra dos outros.  Será que ele também se influenciou pela foto terrível  do guarda segurando o menino no colo que comoveu tantas pessoas ?
 

Em sua oratória, o Papa disse que se deve ser bastante tolerante com quem foge de seu país,  incluindo-os em sua terra e no meio de sua sociedade.
 
 
Como o nosso Papa é uma ótima pessoa, ele certamente abrirá as portas do Vaticano para  que muitos imigrantes tenham uma moradia decente.  Ele não 'abrirá os portões' apenas da cidade do Vaticano (mapa incluído), mas do próprio prédio onde fica o Papa a serviço do catolicismo.
 

No caso do Brasil, chega a ser assustador ver nossa PresidentA sair em defesa de imigrantes, se até agora não houve um PT na vida capaz de dar comida, hospitais e colégios decentes aos brasileiros que aguardam atendimento médico sem conseguir.  Gostaria de saber o que faria o governo brasileiro com imigrantes chegando.  Será que eles teriam prioridade em relação aos brasileiros?
 
 
Nem adianta um petista vir com a falsa alegação de que todos os brasileiros estão tendo atendimento decente, porque estarei aqui para provar que estão mentindo, como é um hábito petista.  O que dizer sobre uma pessoa conhecida que já voltou ao SUS diversas vezes sem nunca ser atendida?  E isso foi 'aparecer' logo na frente de quem não devia!





 

BNDES ou BDAB ?

O BNDES É UM BANCO DO DESENVOLVIMENTOS DE TODOS OS BRASILEIROS

OU É UM BANCO PARA O DESENSOLVIMENTO DE ALGUNS BRASILEIROS?

RECEBIDO POR EMAIL

Presidente da CUT, que ameaçou colocar militância 'armada' nas ruas, é conselheiro do BNDES

Revolta Brasil - 24 de agosto de 2015
 
 
O presidente da Central Única dos Trabalhadores, além de militante assíduo do PT, é, sabe-se lá porque, um dos conselheiros do BNDES. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, que é usado pelo governo PT, desde L---, para financiar ditaduras.
Veja abaixo a lista dos conselheiros da administração do BNDES, divulgadas pelo portal do BNDES na internet
Atualmente, compõem o Conselho de Administração do BNDES:  
·         Ivan João Guimarães Ramalho (presidente)
·         Luciano Galvão Coutinho (vice-presidente)
·         José Aldo Rebelo Figueiredo (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior)
·         José Eduardo Martins Cardozo (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior)
·         Nelson Henrique Barbosa Filho (Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão)
·         Vagner Freitas de Moraes, presidente da CUT (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior)
·         Joaquim Vieira Ferreira Levy (Ministério da Fazenda)
·         José Constantino de Bastos Junior (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior)
·         William George Lopes Saab (representante dos empregados titular) e Carlos Alberto de Souza (suplente)
·         vago (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior)
·         Mauro Luiz Iecker Vieira (Ministério das Relações Exteriores)
·         vago (Ministério do Trabalho)
Agora veja o que fala, ainda o portal do BNDES, sobre os critérios de escolha dos conselheiros:
O Conselho de Administração do BNDES é formado por:
I –  dez membros nomeados pelo Presidente da República, com mandato de três anos, dentre eles o Presidente do Conselho, sendo quatro indicados, respectivamente, pelos Ministros de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão; do Trabalho e Emprego; da Fazenda; e das Relações Exteriores, e os demais indicados pelo Ministro de Estado do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior;
II – um representante dos empregados do BNDES, em conjunto com um suplente, que o substituirá nos casos de ausência, impedimento e vacância, escolhidos dentre os empregados ativos, pelo voto direto de seus pares, com mandato de 3 anos, sendo permitida uma  reeleição, na forma da legislação aplicável; e
III – o Presidente do BNDES, que exercerá a Vice-Presidência do Conselho.
 
Indicação política para decidir sobre os bilhões e mais bilhões do suado dinheiro dos brasileiros.
 
 
 

Depósito de impostos em juízo

 

Depósito de impostos em juízo é possível?  -  http://wp.clicrbs.com.br/caixaforte/2012/04/24/deposito-de-impostos-em-juizo-e-possivel/?topo=87,1,1,,,77

"...  na prática, é possível depositar em juízo todo e qualquer tipo de imposto?
 
– Isso é um devaneio. É preciso haver um fundamento jurídico para rediscutir um imposto. Fazer o depósito em juízo é sugerir que todos os tributos são inconstitucionais, algo impensável – explica à coluna um advogado tributarista."
 
...
 
"A prostituição tributária está instalada no nosso país e dificilmente vamos erradicar essa praga sem a adoção de medidas fortes....
 
Ocorre que o perverso sistema arrecadatório brasileiro é faminto, e de forma alguma aceitará um regime forçado. A torcer que haja alguma brecha legal.
 
 
*****

             "...  faz-se depósito em juízo quando estamos discordantes, no caso do imposto, dos valores lançados, do que devemos recorrer administrativamente (preferencialmente) junto ao órgão cobrador, argumentando  sobre o porque da nossa discordância. No caso da repartição indeferir nosso recurso administrativo, podemos ir para esfera judicial solicitar o cancelamento daquela cobrança em razão disso e daquilo e junto com essa ação podemos solicitar o depósito judicial, para que, caso venhamos a perder no judiciário, não sofrer a aplicação de juros e perder evetual desconto pelo pagamento antecipado. "