Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Dilma, Presidente: "Chegou a hora da onça beber 'água'. "




"Agora que
o  filho do trabalhador
pode virar doutor,
não podemos voltar atrás."
Dilma  Rousseff - PT
Ou terá chegado a hora de a onça beber água?
 
Em um comício ao lado de um ex-presidente igualmente petista,  Dilma Rousseff, lamentavelmente nossa atual presidente, disse que o PT vai buscar os votos “de casa em casa” na reta final da campanha.
Disse, também, que agora “A onça vai beber água”.  Segundo ela, os pingos serão colocados nos “i”s, como se a realidade contundente que assola nosso país fosse divulgada a todos, inclusive a quem nada lê.
Disse, ainda que vencerá quem tiver competência para levar o país para o rumo certo”, como se a competência fosse dar esmolas ou bolsas aos pobres famintos, carentes de mãos estendidas.  E como se o melhor caminho  para o Brasil fosse o penhasco!
 
Nota: O curso de doutorado não transforma qualquer um em doutor.  O que transforma alguém em doutor é sua comprovada competência.  Por isso mesmo, nunca chamo um mero doutor (ou que se diz como se o fosse) de doutor!  Médicos e adEvogados que o digam!
 
 

A lista dos perigos - Arnaldo Jabor

 

 
Arnaldo Jabor

O que acontecerá com o Brasil se a Dilma for eleita?

Aqui vai a lista:
 
A catástrofe anunciada vai chegar pelo desejo teimoso de governar um país capitalista com métodos “socialistas”. Os “meios” errados nos levarão a “fins” errados. Como não haverá outra“reeleição”, o PT no governo vai adotar medidas bolivarianas tropicais, na“linha justa” de Venezuela, Argentina e outros.
 
Dilma já diz que vai controlar a mídia, economicamente, como faz a Cristina na Argentina. Quando o programa do PT diz: “Combater o monopólio dos meios eletrônicos de informação, cultura e entretenimento”, leia-se, como um velho petista deixou escapar: “Eliminar o esterco da cultura internacional e a“irresponsabilidade “da mídia conservadora”. Poderão enfim pôr em prática a velha frase de Stalin: “As ideias são mais poderosas do que as armas. Nós não permitimos que nossos inimigos tenham armas, por que deveríamos permitir que tenham ideias?”
 
As agências reguladoras serão mais esvaziadas do que já foram para o governo PT ter mais controle sobre a vida do país. Também para “controlar”, serão criados os “conselhos” de consulta direta à população, disfarce de “sovietes”como na Rússia de Stalin.
 
O inútil Mercosul continuará dominado pela ideologia bolivariana e “cristiniana”. Continuaremos a evitar acordos bilaterais, a não ser com países irrelevantes (do “terceiro mundo”) como tarefa para o emasculado Itamaraty, hoje controlado pelo assessor internacional de Dilma, Marco Aurélio Garcia. Ou seja, continuaremos a ser um “anão diplomático” irrelevante, como muito acertadamente nos apelidou o Ministério do Exterior de Israel.
 
Continuaremos a “defender” o Estado Islâmico e outros terroristas do“terceiro mundo”, porque afinal eles são contra os Estados Unidos, “inimigo principal” dos bolcheviques que amavam o Bush e tratam o grande Obama como um“neguinho pernóstico”.
 
Os governos estaduais de oposição serão boicotados sistematicamente, receberão poucas verbas, como aconteceu em São Paulo.
 
Junto ao “patrimonialismo de Estado”, os velhos caciques do “patrimonialismo privado” ficarão babando de felicidade, como Sarney, Renan “et caterva” voltarão de mãos dadas com Dilma e sua turminha de brizolistas e bolcheviques.
 
Os gastos públicos jamais serão cortados, e aumentarão muito, como já formulou a presidenta.
O Banco Central vai virar um tamborete usado pela Dilma, como ela também já declarou: “Como deixar independente o BC?”
 
A inflação vai continuar crescendo, pois eles não ligam para a “inflação neoliberal”.
 
Quanto aos crimes de corrupção e até a morte de Celso Daniel serão ignorados, pois, como afirma o PT, são “meias verdades e mentiras, sobre supostos crimes sem comprovação...”.
 
Em vez de necessárias privatizações ou “concessões”, a tendência é de reestatização do que puderem. A sociedade e os empresários que constroem o país continuarão a ser olhados como suspeitos.
 
Manipularão as contas públicas com o descaro de “revolucionários” — em 2015 as contas vão explodir. Mas ela vai nomear outro “pau-mandado” como o Mantega. Aguardem.
 
Nenhuma reforma será feita no Estado infestado de petistas, que criarão normas e macetes para continuar nas boquinhas para sempre.
 
A reforma da Previdência não existirá pois, segundo o PT, “ela não é necessária”, pois “exageram muito sobre sua crise”, não havendo nenhum “rombo”no orçamento. Só de R$ 52 bilhões.
 
A Lei de Responsabilidade Fiscal será desmoralizada por medidas atenuantes — prefeitos e governadores têm direito de gastar mais do que arrecadam, porque a corrupção não pode ficar à mercê de regras da época “neoliberal”. Da reforma política e tributária ninguém cogita.
 
Nossa maior doença — o Estado canceroso — será ignorada e terá uma recaída talvez fatal; mas, se voltar a inflação, tudo bem, pois, segundo eles, isso não é um grande problema na política de “desenvolvimento”.
 
Certas leis “chatas” serão ignoradas, como a lei que proíbe reforma agrária em terras invadidas ilegalmente, que já foi esquecida de propósito.
 
Aliás, a evidente tolerância com os ataques do MST (o Stédile ja declarou que se Dilma não vencer, “vamos fazer uma guerra”)mostra que, além de financiá-los, este governo quer mantê-los unidos e fiéis, como uma espécie de “guarda pretoriana”, como a guarda revolucionária dos“aiatolás “ do Irã.
 
A arrogância e cobiça do PT aumentarão. As trinta mil boquinhas de “militantes” dentro do Estado vão crescer, pois consideram a vitória uma “tomada de poder. Se Dilma for eleita, teremos um governo de vingança contra a oposição, que ousou contestá-la. Haverá o triunfo “existencial” dos comunas livres para agir e, como eles não sabem fazer nada, tudo farão para avacalhar o sistema capitalista no país, em nome de uma revolução imaginária. As bestas ficarão inteligentes, os incompetentes ficarão mais autoconfiantes na fabricação de desastres. Os corruptos da Petrobras, do próprio TCU, das inúmeras ONGs falsas vão comemorar. Ninguém será punido — Joaquim Barbosa foi uma nuvem passageira.
 
Nesta eleição, não se trata apenas de substituir um nome por outro. Não é Fla x Flu. Não. O grave é que tramam uma mutação dentro do Estado democrático. Para isso, topam tudo: calúnias, números mentirosos, alianças com a direita mais maléfica.
 
E, claro, eles têm seus exércitos de eleitores: os homens e mulheres pobres do país que não puderam estudar, que não leem jornais, que não sabem nada. Parafraseando alguém (Stalin ou Hitler?) — “que sorte para os ditadores (ou populistas) que os homens não pensem”.
 
Toda sua propaganda até agora acomodou-se à compreensão dos menos inteligentes: “Quanto maior a mentira, maior é a chance de ela ser acreditada” — esta é do velho nazista.
 
O programa do PT é um plano de guerra. Essa gente não larga o osso. Eles odeiam a democracia e se consideram os “sujeitos”, os agentes heroicos da História. Nós somos, como eles falam, a “massa atrasada”.
 
É isso aí. Tenho vontade de registrar este texto em cartório, para depois mostrar aos eleitores da Dilma. Se ela for eleita.
 
 


segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Foro de São Paulo, MAL FEITO AO PAÍS....​

 
23 anos depois, vemos que tudo estava combinado...

 Silvio Grimaldo de Camargo

 
Em entrevista exibida pela Globo News em 2009, Luiz Felipe Lampreia, ex-ministro das Relações Exteriores, diagnosticava: "O que explica a confusão da América Latina é o Foro de São Paulo". E ele tinha razão!

O Foro de São Paulo é uma organização que reúne, de maneira promíscua, partidos políticos legais, organizações terroristas e grupos narcotraficantes.

Ele foi fundado em 1990 por Lula e Fidel Castro, que prometiam reconquistar na América Latina o que se havia perdido no Leste Europeu.
Seu objetivo era traçar estratégias comuns e lançar "novos esforços de intercâmbio e de unidade de ação como alicerces de uma América Latina livre, justa e soberana".
A unidade estratégica dessas organizações visava tomar o poder em todo o continente, criando uma frente de governos socialistas em oposição aos Estados Unidos.

Hoje, duas décadas depois, o Foro de São Paulo governa 16 países, nos quais aplica a mesma agenda de aparelhamento do Estado, de limitação das liberdades civis, de relaxamento no combate ao narcotráfico, de perseguição à oposição e à imprensa livre.

O "Plan de Acción" aprovado e publicado nas atas do seu 19.º Encontro, ocorrido em São Paulo no começo deste mês, confirma e reforça o pacto estratégico e o compromisso solidário estabelecidos 23 anos atrás.

Os efeitos práticos dessa solidariedade política ficam claros quando observamos a submissão do governo petista às diretrizes do Foro, em detrimento dos interesses nacionais, como ilustram alguns casos da nossa política recente.

Em 2005, o representante das Farc no Brasil, Olivério Medina, foi preso numa ação conjunta entre a Polícia Federal e a Interpol. Medina era procurado na Colômbia por diversos crimes – homicídio, sequestro e contrabando de armas – e o governo colombiano pediu sua extradição.
 
O presidente L... não apenas lhe negou o pedido como concedeu ao terrorista o status de refugiado político. Logo depois, a esposa de Medina, Angela Maria Slongo, foi ocupar um cargo de confiança no Ministério da Pesca, a pedido de Dilma Rousseff, então ministra da Casa Civil.

Em maio de 2006, Evo Morales estatizou duas refinarias da Petrobras na Bolívia, depois de ocupadas e tomadas pelo exército boliviano. O governo brasileiro respondeu com um afago e, dois anos depois, L... anunciava um empréstimo de US$ 332 milhões a Morales, para a construção de uma rodovia.

Em 2011, Dilma Rousseff anunciou mudanças no Tratado de Itaipu, atendendo a um pedido de Fernando Lugo, presidente do Paraguai e membro do Foro de São Paulo.

A senadora Gleisi Hoffmann, do PT, foi a relatora da matéria no Senado e defendeu a aprovação das alterações, que fizeram triplicar a taxa anual paga pelo Brasil ao Paraguai pela energia não usada da Usina de Itaipu, saltando de US$ 120 milhões para US$ 360 milhões.

A decisão do governo federal de trazer médicos cubanos ao Brasil é apenas uma manobra do Foro de São Paulo para financiar a indústria de "missões humanitárias" de Havana.

Segundo dados levantados pela jornalista Graça Salgueiro, mais de 20 países recebem serviços médicos de Cuba. Os países-clientes pagam pelo serviço ao governo cubano, que repassa apenas uma pequena parte do dinheiro aos médicos.

Raúl Castro arrecada nada menos que US$ 6 bilhões anuais com o envio de médicos ao exterior. Calcula-se que o Brasil enviará centenas de milhões de dólares aos cofres cubanos com a importação dos médicos. O dinheiro que poderia ser investido no sistema público de saúde brasileiro vai financiar uma ditadura comunista.

Quando o filósofo Olavo de Carvalho começou a denunciar o Foro de São Paulo, políticos, empresários e jornalistas preferiram ignorá-lo, acreditando que o bicho era manso. Mas o bicho era bravo e agora cresceu formidavelmente; já não sabemos se ainda é possível derrotá-lo.

Publicado no jornal "Gazeta do Povo".
Silvio Grimaldo de Camargo é sociólogo e editor.

RETRATO DA DECADÊNCIA - Alamir Longo (Quaraí - RS)

 

 
 
Quem vê aí nessa imagem
Esse pária em decadência...

Vencido pela demência
E à beira da podridão
Nem parece o charlatão
Amante de avião moderno
Enfiado dentro dum termo
Forradinho de mutreta
Que arrepiava até o capeta
Nas profundezas do inferno!
 
 
É um contumaz mentiroso
Que engole tudo o que diz
Arrastou esse país
Para uma terra sem lei
Aliou-se a Collor, Sarney…
A quem tanto combatia

 Com sua mente doentia
Negou até o Mensalão
Com nove dedos na mão
Assassinou a verdade
E decretou a impunidade
A bandidos de estimação.
 
Maior medo desse cabra
É um dia ser investigado
Ter seus podres revirados
Cabo a rabo de sua vida

 Com a teta quase perdida
Nem dorme de apavorado
Caso seja desmamado
Dessa vaquinha tetuda

 Vai ser um deus nos acuda
Com noites longas e frias
Pois há de findar seu dias
Numa cela da Papuda!
 
Autoria: Alamir Longo (Quaraí - RS)
Fonte: Jornal da Besta Fubana


Como hoje é dia dos 'versos', aí vai outro:
MORTALHA
I
Sombrio é o destino
de povo indolente,
pois será, tão somente,
uma tropa de gado
que perderá o couro!
Porque povo covarde,
mais cedo ou mais tarde
ganhará o matadouro.
II
Quem vende consciência
jamais terá glória.
Sepulta sua história
e seus restos mortais
em cova esquecida!
Vai ser só lembrado
como um fracassado
que passou pela vida.
III
Com passividade
não muda-se nada!
Tem a alma arrancada,
aquele que aceita
o inaceitável!!!
Será tosco fulano,
na mão do tirano
mais um miserável.
 
IV
Povo servil
é massa falida!
covarde…vencida,
sem brio pra lutar
uma só batalha!
Sem futuro, sem dente…
a cavar sorridente
sua própria mortalha!
 
(ainda não descobri qual o nome do autor  do 'verso' acima, mas a ele parabéns)

 

 

MORO MAL, MAS VOTAREI NO FULANO DE TAL!

 
Tomara que essa campanha eleitoral acabe logo! Insuportável se tornou tantas propagandas 'candidatícias' espalhadas por aí, por todos os cantos!  Estão em automóveis, janelas e portas, nas ruas e suas esquinas, espalhadas até mesmo pelas  estradas.  Tudo visando eleitores tolos, mesmo desconhecidos !






O pior de tudo é ver o que significa
 
"MORO MAL, MAS VOTAREI NO FULANO DE TAL"

Continuarei a morar mal, mas ele...

viverá muito bem obrigado, embora às custas dos outros













 

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Seja um bolivariano...


 
... e espere que o governo venha limpar sua vida.
 
Texto recebido por email
 
 
 
 
DINHEIRO PESA NO BOLSO DOS ARGENTINOS
Valor Econômico de 25/09/2014

 
Marli Olmos de Buenos Aires
 
Desde a crise de 2001, que deixou a população com receio de guardar dinheiro em bancos, tornou-se rotina para o argentino usar dinheiro em compras ou pagamentos de contas. No entanto, para acompanhar o aumento do custo de vida, a quantidade de notas que ele carrega no bolso aumenta a cada dia. Faz 22 anos que a cédula de 100 pesos é a mais alta da moeda argentina. Desde então, a inflação oficial acumula 438% - mas passa dos 600% segundo cálculos de economistas independentes.

 
   É comum ver pessoas carregando sacolas ou pacotes com cédulas. É o caso da astróloga Marina, que há poucos dias, no centro de Buenos Aires, tinha 5.850 notas de cem pesos em uma sacola com a marca de uma loja de departamentos. Ela acabara de receber, em espécie, parte da venda de um apartamento. Lado a lado, as cédulas ocupariam 60 metros quadrados, superfície maior que a do imóvel que vendeu.
 

A POLÍTICA BOLIVARIANA ESTÁ DEIXANDO A ARGENTINA NUMA GRAVÍSSIMA CRISE...
A ARGENTINA DE HOJE SERÁ O BRASIL DE AMANHÃ
SE NADA FOR FEITO!!!
 
 

O analfabetismo é quem elege - Compra de votos

 
 
Compra de votos vira hábito na cidade com mais analfabetos do Brasil
 
 
É a ignorância, é o  analfabeto  que elege os políticos ladrões.  Portanto, não adianta de nada perdermos nosso tempo aqui, pois um analfabeto não sabe ler.  Mas, caso saibam que seu candidato é um ladrão, nossas palavras não colocariam um bife nas mesas de um  povo propositalmente idiotizado.
 
Fica explicado, mais uma vez porque os Renas e seus cabelos implantados, porque os Jarbas e suas algemas continuam no submundo da política.
 
 
 
 Não é a política que faz o candidato virar ladrão. É o seu voto que faz o ladrão virar político.
 
 
 
 

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Modas e modismos

Se você pensa que manda em sua própria vida e que é você mesmo quem resolve o que vai ser, está muito enganado.  Quem tudo decide são os interesses do momento, transformados em modas e/ou modismos.
 
São os óculos da moda, o estilo de roupas, as pernas largas ou apertadinhas do seu jeans.  Alias, nem foi você quem decidiu ser in usar calças jeans, com ou sem rasgos.  A moda, agora, é parecer um mendigo.


Se houve uma época em que a falta de masculinidade era vergonhosamente escondida, o chic agora é ser... homossexual.   Os antigos homens podem, no máximo, se dizer metrossexuais.  Do contrario serão execrados para todo o sempre! 
 
Homens passaram a usar brincos e a se depilar.  Chegará aquele momento em que os veremos usando batons.   Excelente para as empresas de cosméticos, pois suas vendas aumentarão!
 

Corremos o risco de ver mulheres sentadas num bar fazerem o seguinte comentário:  "Olha só!  Acho que aquele ali é homem de verdade!"  Lhes virarão as costas porque ser homem ou ser mulher 'de verdade' deixou de ser natural.
 
Vemos também um relacionamento melento entre as mulheres.  A homossexualidade passou a ser exposta nas revistas, jornais, cinemas e TV. 
 
Parece que não se notou, mas a homossexualidade começou a se espalhar, e, caso não aceitemos a atual imposição, seremos chamados de homofóbicos. 
 
Homofobia significa aversão irreprimível, repugnância, medo, ódio, preconceito que algumas pessoas, ou grupos nutrem contra os homossexuais, lésbicas, bissexuais e transexuais.
 
 
Da mesma maneira a atual decoração se infiltrou em nosso cérebro de um jeito que uma 'amiga' contou que chegou ao ponto de pintar coisas de prata e de bronze na cor branca, sem perceber que estava se rendendo ao estilo do momento.  Quanto mais impessoal, melhor!
 
 
 
E vai por aí, a nossa impessoalidade imperceptível.  Seja em nossas roupas,  nossa cultura, nossos hábitos.  Nossas escolhas de um modo geral. 
 
Deixamos de ser nós mesmos a partir do momento em que aceitamos tudo o que nos é imposto, pensando que a escolha é nossa.
 
Portanto, se está na moda, serei contra, mesmo que a coisa agrade.  É preciso paciência para esperar que a moda passe.
 
 
O CELULAR VAI MUITO BEM, OBRIGADO!
 

PQP - PARTIDO QUERO PROPINA


VIDEO PQP
 
 
Vote no novo e Onesto. 
Vote no PQP - Partido Quero Propina
 
 
Um Partido cem mentiras. Pelo bem de todo o povo brasileiro, principalmente pelo bem dos parlamentares e governantes  (ou governosos). 

 
Prometemos desviar todo o dinheiro publico sem cumprir as promessas feitas em campanha eleitoral.  Uma campanha que visa apenas o seu voto.



 
Prometemos distribuir aos brasileiros o maior número de 'bolças' possível, como, por exemplo, a Bolsa Crack.   Temos, também um grandioso projeto, que é o PROGRAMA SEJA LADRÃO E SEJA FELIZ.  Se eleito, o PQP tem um outro programa a que demos o nome  A CORRUPÇÃO NOSSA DE TODOS OS DIAS.


Será  institucionalizada a sacanagem, que se tornará ampla, completa e irrestrita. Mais do que essa que esta aí.
   
 
Durante nossa 'gestação' ninguém será obrigado a frequentar as escolas, pois damos muito valor à  'inguinoranssa' que nos 'alssa' ao poder e não queremos que haja nenhum tipo de discriminação, com nossa tese de que  É A BURRICE QUE FAZ O ELEITOR  (o bom eleitor)
 
Portanto,
 
SEJA UM ELEITOR IDIOTA.
 
VOTE NO PQP
 
 
 

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Água está minguando!





Vergonhosamente, em plena ONU, o Brasil não assinou acordo de um documento que previa o fim do desmatamento.  Claro que não faltaram motivos para isso!
 
 
 
Em Minas Gerais, a nascente do Rio São Francisco está seca.
 
 
 
Marido da candidata, que dizem ser uma mulher melancia, por ser verde por  fora e vermelha por dentro estaria envolvido em desmatamento  (tráfico de madeira)  ?  -  
 
 
 
Quando a água faltar apenas para nós e não para nossos ''representanter'',
veremos mais uma demonstração de falta de respeito, 
com o verdadeiros patrões deles!
 
 
 

O convidado



  
 
 
 PF tenta ouvir Lula há sete meses sobre novas denúncias de Valério
 
Ex-presidente foi CONVIDADO a ajudar a Polícia a investigar um mensalão!
 

De  uma lado, temos um ex-presidente que culpou um de seus ministros (no meio de tantos outros!), Berzoini, que, na época era presidente do PT-Partido de Trambiqueiros , pela indicação de "aloprados" que se aproveitaram do ocaso da seriedade que deveriam FINGIR que tinham. De outro, temos um  ex-presidente  que jura de pés bem juntinhos que o mensalão nunca existiu.  Cabe à PF decidir de qual dos dois ela pretende um temeroso  SOS.   Isso se conseguirem ouvir sua voz cada vez mais rouca!
 
 
"Não, não admito que errei ao escolher os meus pares."
 
"Você escolhe um companheiro para determinada função, no caso do pessoal que cuidava da "pseudo-inteligência" da minha campanha nem fui eu que escolhi, quem escolheu foi o presidente do partido [Ricardo Berzoini], que era o coordenador da campanha eleitoral."
"Eu quero saber quem é que montou a engenharia política pra essa barbárie que foi feita."
 
 
“Eu não acredito que o mensalão existiu...”.
 
Como os aloprados nunca existiram, como Berzoini nunca existiu, como o PT nunca existiu e como ele próprio nunca existiu
 
 






 

terça-feira, 23 de setembro de 2014

A bolha prestes a estourar




 
Aguardem porque as eleições estão chegando. E a provável reeleição de quem distribui bolsas também. Se antes das eleições as coisas andam negras, imaginem depois.


- I -
Ives Gandra Martins 
 
Dilma planeja o fim da propriedade privada e registra no TSE.
 

Consta do Plano de Governo de Dilma Rousseff(PT), registrado hoje, no   TSE, uma meta que, na prática, acaba com a propriedade urbana ou rural. O dono do imóvel não poderá pedir reintegração de posse, caso ela seja invadida. 
 
Pelo Plano de Governo de Dilma Rousseff o proprietário terá que enfrentar uma audiência pública, da qual participarão os movimentos sociais para analisar os "direitos humanos" envolvidos. O juiz ficará sujeito à decisão dessa audiência. É fácil imaginar como crescerão o número de invasões e a desordem no campo e nas cidades! Por exemplo: se você tem um apartamento e ele estiver desocupado, pois está em processo de aluguel, e o mesmo sendo invadido você não terá mais direito a ele, se os "movimentos sociais" assim decidirem. É o fim da propriedade privada no Brasil.
 
E a coletivização do País.  

A midia está proibida de divulgar o que o Foro SP, fundado por Lula e Fidel, vem implantando na America Latina. PNDH-3 - O GOLPE COMUNISTA EM PRATICA - "No momento em que se elimina a liberdade de imprensa estaremos efetivamente no início de uma ditadura... é um decreto preparatório para um regime ditatorial"


 
- II -
 
Para fechar conta, governo  saca do Fundo Soberano - serão usados   R$ 3,51 BILHÕES para cobrir previsão de arrecadação menor no ano.
 
 
- III -
 
Receita vai monitorar viagens de brasileiros
 
 
*****
 
IMAGINEM O QUE VOCÊS SENTIRIAM SE FUTURAMENTE OCORRESSE O SEGUINTE EPISÓDIO: 
 
Os pobre coitados dos "sem-teto" batessem à  sua porta e lhe  dissessem:  Sai porque esse apartamento agora é nosso.
 
 
Aliás, vocês sabem quanto ainda têm em suas contas-correntes
ou em  cadernetas de poupança ?
 
 
 
 

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

OPINIÃO DA IGREJA


Recebido por email
 

 
TEXTO ELABORADO POR DOM ALOÍSIO ROQUE OPPERMANN - ARCEBISPO EMÉRITO DE  UBERABA (MG)
 04.0 2. 2014


 
 


 
 

Se os serviços públicos são geridos por empresas particulares, ou pelo governo, é uma questão de eficiência. Não é de ideologia política.

 
Mas não esqueçamos que os serviços públicos "gratuitos" alguém os precisa pagar. A passagem de ônibus eu posso pagar do meu bolso, diretamente para a companhia particular, que presta esse serviço.
 
Ou eu entrego essa mesma contribuição ao governo,  para que ele a administre. Não existe jantar gratuito.
 
O socialismo sempre fascinou a mente humana, porque parece ser mais justo, e atender melhor à parte mais pobre da humanidade.
 
Isto, precisamente, sempre foi o ponto fraco do capitalismo: não ter plano de salvação para os perdedores. Mas o socialismo carrega consigo uma mancha execrável. Não é capaz de respeitar o que é inerente ao ser humano, que é a sua liberdade.
 
Como não conseguirá jamais se estabelecer com a concordância dos cidadãos, precisa se impor à força. As cabeças de quem pensa, e é cioso em permanecer livre, rolam inexoravelmente. Esse regime é o mais catastrófico da história, tendo assassinado mais de 80 milhões de rebeldes.
 
Tornou-se uma mancha na história da humanidade.
 
No Brasil, alegremente estamos correndo para os braços das ditaduras socialistas.
 
Sem pejo nenhum, e sem falsete no rosto dos nossos dirigentes, temos relações diplomáticas preferenciais com nações, onde as liberdades individuais são uma quimera. As visitas oficiais a certos países, de visceral princípio socialista, são uma constante.
 
A importação de médicos estrangeiros (não quero duvidar de sua competência profissional), tem como objetivo acostumar nossa população com as belezas do socialismo.
Os gastos financeiros com doações em favor de nações mais pobres (todas socialistas), são uma constante.
 
Os Black Blocs, quebrando com grande satisfação os Bancos, mostram que já estão infectados com esse vírus, francamente anti-livre mercado.
 
Os que querem os serviços públicos todos  gratuitos, vivem de um delírio deplorável.
 
Tudo está sendo feito à luz do sol. Os condutores da nação terão o  direito de dizer: "eu avisei".
 
É muito provável que entre os condenados pelos  crimes do mensalão, já se encontrem aqueles que, no futuro,  serão os dirigentes da Nação."
 
 
Muitos também pensarão que a própria Igreja já foi um dia favorável ao regime que está aí, mas sem saber (?) o que estaria por trás e o prejuízo que poderia estar causando.