Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Culpada não é só a Dilma !

            
Frase do dia
 
Agora, a mim me parece que é difícil qualquer pessoa que estava em posição de responsabilidade dizer que desconhecia essas  práticas. (...) E nós estamos falando só da Petrobras, agora recentemente começamos a falar da Eletrobras. Isso é extremamente preocupante. Agora, se ninguém sabe e ninguém viu, precisa ir ao oculista, além de outros sentidos que podem estar perdidos por aí - Gilmar Mendes, ministro do STF 
 
 
Dilma barata tonta! 
 Ricardo Noblat
 

ADVERTISEMENT

O governo mais impopular  (MAS REELEITO!) da História queria valer-se do imposto mais impopular da História. Coisa de gênio!  - Comentário sobre a volta da CPMF.
...

" No regime presidencialista brasileiro, o poder do chefe do governo é incontrastável. " (Não deve, ou deveria, portanto, receber 'sugestões' de ninguém, muito menos de quem estaria afastado de um governo que não perterce!)

 
 PRIMEIRA LIÇÃO PARA SER UM POLÍTICO ADORADO:
  É DANDO QUE SE RECEBE



Temer chegou a circular empavonado como o coordenador político do governo, oferecendo cargos e dinheiro para garantir o apoio de deputados federais e senadores. Balela! - TEMER TERIA OFERECIDO O QUE NÃO TINHA ?
 
 
 (Temer)  Soube pela imprensa da possível ressurreição da CPMF. Não acreditou. Soube também pela imprensa do recuo do governo. Escaldado, acreditou.
 
 
"A esperança que, em 2002, venceu o medo, está perdendo para o desencanto pelo escandaloso placar de 7 x 1. O único gol dos mais de 12 anos de hegemonia do PT foi a redução da miséria.
 
Os sete gols que tomou até aqui: economia em baixa; corrupção em alta; base de apoio no Congresso esfacelada; corte de benefícios sociais; péssimos índices de Educação e Saúde; violência urbana crescente; e a criação de uma geração de desiludidos com a política.
Dilma voltou a repetir na semana passada que não haverá retrocesso nas conquistas obtidas pelos brasileiros desde que L-- chegou ao poder pela primeira vez. Para variar, mentiu. Já houve.".


*****

Frase de Fernanda Torres, atriz e escritora: 
Não se trata masis de achar ou querer o fico (de Dilma), mas de saber  se ele é possível.
 
 

Penso - e talvez esteja errada - que Dilma deve ficar até o final de seu mandato. Claro que isso representaria uma tragédia tanto  para o Brasil quanto para os brasileiros,  sejam "sem teto" ou pertencentes às "zelites".  Porém a tragédia já está feita e é só continuar por mais tempo, o que não seria nada agradável!  Talvez o melhor seria  ela  ficar até o final de seu mandato, pois foi eleita legalmente pelo povo, que adora  tudo o que fale em igualdade social, embora não o faça. 
 
Que toda a carga não caia apenas em cima dela,  pois a roubalheira foi institucionalizada no governo anterior,  igualmente petista, embora ela tenha sido excelente ao descascar o abacaxi que recebeu.  Que ela tenha tempo de, sangrado,  carregar tudo junto para o buraco que os  espera.  Tanto quem jurou de pés juntinhos que ela seria a  melhor presidente que já se viu quanto o partido  que bem merece tal nome, pois está partido mesmo.
 
Quem  nela votou,  terá tempo suficiente para se arrepender da besteira que fez, ao abrir sua geladeira e não encontrar o que comer.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 








Pau que bate em Dilma bate em L ... - Frederico Vasconcelos


 
 
"Pau que nasce torto, não tem jeito, morre torto."
 

Sob o título “Cartas na mesa!”, o artigo a seguir é de autoria do desembargador Edison Vicentini Barroso, do Tribunal de Justiça de São Paulo, que assina o texto como “magistrado e cidadão brasileiro”.
 
***
 

Recentemente, o ex-presidente L---  afirmou que, se preciso, disputará a Presidência da República em 2018 – para derrotar a oposição! E o diz em meio à situação caótica do País, fora dos trilhos por ação direta dele, do PT e de Dilma Rousseff.
 
Ninguém se iluda: ele será candidato, porque traz a certeza da reeleição, apostando na habitual ingenuidade do brasileiro. Vaidoso, o manda-chuva sempre quis aparecer, sem se dar conta de que a vontade popular quer que ele desapareça da vida política nacional.
 
Diz que o PT não está acabado. Legalmente, ainda não! Politicamente, sim!
 

Qual a razão? Por haver arruinado o Brasil, minado e dinamitado não só em sua economia, mas, principalmente, pela corrupção nele instalada, pelo aparelhamento absurdo e imoral do Estado brasileiro.
 
L--- vai viajar pelo país. O BONECO PIXULECO TAMBÉM ! Tentará melhorar a imagem do PT. Há como?
 
Hoje, até o mais alienado dos brasileiros sabe do que esse partido fez e faz, do que fez Lula e faz Dilma, do buraco em que nos meteram, das consequências do ‘furacão petista’.
 
L--- afirma que o povo brasileiro não ‘aceita golpe’. De fato, depois do golpe petista, capitaneado por suas figuras mais influentes – das quais ele é o líder maior –, o Brasil está falido, no chão, de bruços e a braços com uma crise de corrupção nunca dantes vista e/ou experimentada.
 
Caso as instituições efetivamente funcionem, quem disse que haveremos de esperar 2018, aguardar a eleição presidencial daquele ano? O voto dado não legitima o mau passo! A lei aí está. Basta seja cumprida, para punir a quem o mereça – seja ‘nobre’ ou ‘plebeu’, seja homem do povo ou presidente da República.
 
Numa democracia de verdade, as leis são positivamente aplicadas – sem ver a quem! Pau que dá em Chico dá em Francisco! O Brasil não pode mais esperar. Tomado pelo crime organizado, para desorganizar a vida de cada um e de todos nós, os últimos anos estão a traduzir retrocesso de mais de cem anos. É preciso voltar a respirar – ares de decência, honestidade, honradez.
 
L--- aposta na falta de memória da população. Quando não, em sua memória curta! Chefe e comandante do PT, proclama-se salvador da pátria.
 
Justo ele, início, meio e fim das dores pelas quais temos passado. É que ele não dá ponto sem nó! Tudo que dele sai tem um propósito, uma segunda intenção.
 
L---, o ‘deus petista’, a eminência parda, a voz oculta nas dobras do poder operante. Diz-nos ele: a oposição tem que torcer para que o país melhore.
 
Digo eu: chega de torcida, abaixo a apatia, é mais que hora de agir! Preciso limpemos o Brasil da chaga dos sanguessugas do povo, do alarido do discurso vazio de significação, descompromissado dos reais interesses desta grande Nação.
 
O Brasil tem fome de mudança. Chegou a hora da faxina. Indispensável limpemos a casa em que moramos, o País em que vivemos. L--- diz que a oposição só governava para um terço da população. O PT só governa para si, para seus amigos e companheiros, esquecido do povo sofrido que usou para chegar ao Poder.
 
L--- não pensa no povo, jamais pensou. Os olhos sobre si mesmo não lhe dão espaço para pensar em mais alguém. Afinal, é o deus dele mesmo – e dos petistas, obviamente!
 
Ele enaltece as administrações petistas, no sentido de que permitiram a criação de instrumentos para investigação de casos de corrupção. Ledo engano. O culpado não quer ser descoberto! Se algo está sendo averiguado, não é por mérito do PT, de Lula ou de Dilma. Afinal de contas, bem ou mal, temos instituições no País, cujo funcionamento não se condiciona – ou não se deve condicionar – às vontades de quem quer que seja. A Constituição Federal lhes dá força e poder!
 
L---  diz o óbvio: ‘O PT cometeu desvios’. Mas completa: porque ‘passou a fazer política igual aos outros partidos políticos. O PT era para ser diferente de verdade’.
 
Ora, a soberba de L--- não lhe permite dizer que seu partido não é igual aos demais, por ser diferente. O PT superou-se. Foi muito além de todos os limites ético/morais, a ponto de comprometer os destinos duma nação chamada Brasil.
 
L---  fala de honestidade. Muita gente fala do que, por vezes, desconhece!
 
Fácil falar, difícil viver daquilo que se fala. Ele e Dilma querem nos fazer crer que de nada sabiam sobre a sucessão de desvios e saques dos cofres públicos. É um direito deles. De nossa parte, tiremos nossas próprias conclusões, à vista dos elementos de informação já dispostos e das regras de experiência comum subministradas pela observação do que ordinariamente acontece.
 
Muitas vezes, L--- não fala, rosna. Humor alterado, busca prevalecer sempre – doa a quem doer. Afinal, é o ‘deus’, acima do bem e do mal. Fale do que fale, por mais sem sentido ou razão, os cães de guarda o aplaudem –numa obnubilação mental que nada tem a ver com o ato de discernir e tecer seguro juízo de valor.
 
L---  diz-se saudoso dos microfones, dos palpites nas coisas do Brasil. Mas, desde quando deixou de bradar, de palpitar? L--- precisa parar. E para pará-lo, e ao PT, só a ação popular e a primazia da lei, aliados à força moral de homens de bem, em postos importantes da Nação, dispostos a cumprir o dever cívico de passar o país a limpo.
 
L--- só quer uma coisa: perpetuar-se no Poder. Essa é sua aposta, baseada no frágil esclarecimento do povo brasileiro, agora, já muito cansado de apanhar. As fichas estão na mesa. O jogo vai começar. Façam suas apostas: ou Lula e o PT e Dilma, ou o Brasil. O povo decide!
 
 
***
 
 
Para fazer uma verdadeira faxina não basta tirar Dilma do poder.  Seria necessário começarmos do zero  para não trocarmos um partido professor por seus alunos, que "aprendem muitas coisas que lhes são ensinadas ", sem contar o que já sabiam antes .
 
 
 
 
 
 
 

domingo, 30 de agosto de 2015

PUTEIRO NACIONAL - motivo


“A CPI da Petrobras é diferente das outras. Não traz dados novos
. Ela dá ressonância a fatos já conhecidos. Ela fica ecoando”

Luiz Sérgio, relator da CPI da Petrobras e deputado (PT-RJ)

 

Uma faxina vem aí

por Ilimar Franco
 

Cada delação premiada na Lava-Jato gera novos inquéritos contra parlamentares. A previsão é de que esse número chegue a 100. Hoje são 45 — 35 no mandato: 22 deputados e 13 senadores. O PGR denunciou ao Supremo, no qual o relator do caso é o ministro Teori Zavascki (foto), dois: o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e o senador Collor. Especialistas dizem que isso intimida o Congresso. Foi o que ocorreu na CPI dos Anões (1993), que flagrou 37 deputados e um desvio de R$ 100 milhões.
 
 
Não fica um, meu irmão
A lista de inquéritos no STF inclui ainda dez ex-deputados e um ex-vice-governador. Sem contar os do STJ: dois governadores e um ex-governador. Na berlinda também estão um conselheiro de TCE, um governador (da época), um tesoureiro e um lobista.



Nosso Congresso e o Regresso são ou não um verdadeiro puteiro nacional?

A LÍNGUA VEM AÍ !

 
"Junto com a língua" vem aquela lábia, chamada de carisma,
com discursos que enganam  os troxas.
 
 
 
 
 

O problema é que ...

BURRICE AGUDA - "Morte à classe média"


 
 
 


 
A burrice, que leva alguns indivíduos a lutarem a favor de um partido, seja ele qual for, ao ponto de irem contra o seu próprio país e contra quem lhes paga o salário todo mês, tornou-se uma doença perigosa.
Que o PT e seu principal criador tenham o fim que merecem, ao levarem os brasileiros a se dividirem ao invés de se unirem.

DELAÇÃO PREMIADA

 
A delação premiada está na Lei 9.807/99,
 
assinada pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso
 
no dia 13 de julho de 1999
 
e também  pelo 'respeitável' Renan Calheiros,
 
como podemos constatar  no site
 
 
 
13 DE JULHO DE 1999.

Estabelece normas para a organização e a manutenção de programas especiais de proteção a vítimas e a testemunhas ameaçadas, institui o Programa Federal de Assistência a Vítimas e a Testemunhas Ameaçadas e dispõe sobre a proteção de acusados ou condenados que tenham voluntariamente prestado efetiva colaboração à investigação policial e ao processo criminal.
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 

Pixuleco está nos ares, mas o pote... está vazio


 
 
Depois de várias delações em que aparece, depois  de ser alijado até mesmo de cidades  do interior Nordestino, onde pretende recuperar sua simpatia ficando no meio de gente pobre, como se tivesse deixado sua arrogância em casa, o ex-presidente petista, anterior a Dilma, disse que voltou a voar. 
 
Ele tem toda razão ao dizer que
 
voltou a voar.
 
 
 
 
OBS.: O ex-presidente PIXULECO pretendia fazer uma ameça, como se tivesse capacidade para continuar comprando os pobres, para conseguir seus votos.  Entretanto, como ele nunca sabe de nada, também não sabe que o pote de dinheiro da União está vazio, depois que sua sucessora deixou que os atuais políticos gastassem tudo.
 
 
 
 

Tesão! - Tony Bellotto

 
 

"Cunha, guerreiro! Do povo brasileiro!" É pra rir? Ah, bom

RIO - Sexo oral.
Falemos de sexo. Sim, chega de baixo astral, crise política, corrupção, inflação e desemprego. Merecemos um descanso. Tratemos do assunto essencial, aquele que brilha os olhares, acelera corações, intumesce tecidos cavernosos e esponjosos e faz brotar insuspeitas umidades por reentrâncias anatômicas. Lubrifiquemos com os óleos potentes da fantasia nossas mentes cansadas de tanta rotina chocha. Evoquemos o sexo oral, anal, grupal, total. Delícia. Entreguemo-nos a delírios lúbricos de imaginárias surubas, bacanais, ménages e orgias. Venha, acompanhe-me, o domingo sugere desprendimento e transcendência, não permitamos que a mediocridade e a lassidão do dia a dia nos resumam a seres esvaziados de libido e capacidade de sonhar. Deixemos que o fôlego nos falte e que vinhos luxuriantes de Dionísio nos inebriem e nos conduzam a uma cena de filme de sacanagem… peraí, problema. Acho que vamos ter de parar, desculpe. Ei, parou, parou! Eu sei, você estava pegando um pique, eu também, mas vamos ter de parar. Recomponha-se. É que as imagens de Dilma Rousseff, Michel Temer, Renan Calheiros e Eduardo Cunha vieram-me à mente. Acontece.

Quarteto Fantástico.
Por favor, não desista de ler. Não me abandone neste momento crucial. Nem pense que a sugestão de falar de sexo foi só um truque para atrair sua atenção. Eu tentei, juro, conclamar a esta crônica ninfas safadas, cortesãs experientes, sátiros sarados e efebos saltitantes. Mas à minha mente chegou primeiro o sinistro quarteto fantástico de Brasília: Mulher Invisível, Senhor Fantástico, Tocha Humana e o Coisa. E, como lhes é rotineiro, não quiseram largar o osso. Você sabe como políticos e super-heróis podem ser persistentes. Não quero dizer com isso que eles não devam frequentar fantasias alheias, claro. Tem gosto pra tudo. O problema é que quando penso em Dilma, Temer, Renan e Cunha, eu simplesmente saio do clima, entende?

Fica, Dilma!
Mas sigamos em frente, vejamos a que nos conduzem os pensamentos brochantes. Sou desses que estão de saco estourado pela corrupção, incompetência e arrogância do governo. Mas para a infelicidade dos jihadistas do Estado Petista, que reduzem tudo a um maniqueísmo rastaquera, continuo um defensor intransigente da democracia, justiça social e liberdades individuais. Acreditava até hoje que se o impedimento de Dilma não se desse por vias democráticas, que ela tivesse ao menos a dignidade de renunciar ao cargo. Mas agora, ao me debruçar (sem duplo sentido) sobre o tema, deparo-me com o seguinte e pavoroso quadro: num eventual impedimento (ou renúncia) de Dilma Rousseff, seu sucessor seria o vice, Michel Temer. E, no caso de impedimento deste, Eduardo Cunha assumiria o posto. Por fim, se Eduardo Cunha sofresse também um impedimento (ou renunciasse), teríamos o Renan Calheiros a presidir a nação. Socorro! Sabe o quê? Mudei de posição: Fica, Dilma! E garanto que minha repentina virada nada tem a ver com o Kama Sutra. 

A Mulher Invisível.
“À mulher de César não basta ser honesta. Ela tem de parecer honesta”, diz o provérbio romano. Aos políticos brasileiros não basta ser desonestos, eles têm de parecer desonestos. Quem pode confiar nesses seres rapinantes de conversa mole? Nas democracias, políticos e governantes suspeitos ou acusados de crimes se afastam de seus cargos para se defender e só retornam a suas funções caso sejam inocentados. O problema é que se tal procedimento for adotado aqui, talvez não sobre ninguém para comandar a nação.

O Coisa.
Analisemos o caso de Eduardo Cunha, o homem que tapa a boca com as mãos para impedir que jornalistas captem de seus lábios as eventuais perfídias que dali emanem. As acusações que recaem sobre ele dariam para esgotar o estoque de prontuários de qualquer delegacia, mas ainda assim segue impávido, e chegou ao cúmulo de, num evento recente, ser ovacionado por meia dúzia de ratos pingados (e provavelmente contratados) que bradavam à sua passagem: “Cunha, guerreiro! Do povo brasileiro!”. É pra rir? Ah, bom. Entre as acusações contra o Coisa, uma particularmente chama a atenção: a suspeita de que tenha usado igrejas evangélicas para lavar dinheiro. Alô alô, Ministério Público, quando serão finalmente desmascaradas as quadrilhas demoníacas que usam religião para explorar o povo e roubar e lavar dinheiro ilícito?

Tesão?
Eu devia ter continuado a falar de sexo, eu sei. Mas sabe o que mais me preocupa? Estou começando a sentir tesão de falar de política. Reparou como eu me animei com essa lama toda? Alguém aí conhece um bom psicanalista?


 
DEPOIS DA ORGIA BRASILIENSE,
TODOS OS BRASILEIROS PRECISAM DE UM BOM PSICANALISTA,
POR NOS FALTAR UM MAIOR TESÃO.




sábado, 29 de agosto de 2015

PEDIDO DE SOCORRO

 
 
 
 
Embora o vídeo acima tenha sido colocado no Youtube no dia 21 de ago de 2015, em determinado  trecho podemos ver que desde 2013 já está sendo pedida uma Intervenção Militar para retirar "à força", quem finge não dar importância ao clamor de quem veste uma roupa lindinha verde e amarela para ir à rua exigir que sua vontade seja cumprida.
 
Se você  já se cansou  e está desiludido de tanto mostrar sua insatisfação,  sem ser atendido,  já deve ter percebido que apenas isso não vai resolver nada.  Da mesma forma que de nada vai adiantar fazermos queixas diárias, sem fazer nada. A única saída, antes da ida para um Aeroporto, será uma Intervenção Militar.
 
No dia 07 de Setembro de 2015 vamos repetir o dia em que nos vestimos de preto, ou colocamos em nossos carros e janelas umas faixas pretas, para mostrar o luto brasileiro, em resposta ao governo de Fernando Collor.
 
Será no próximo dia 07 de setembro que faremos NOSSO protesto  !  
 
 
Em um trecho do vídeo, há um comentário que diz que
 
"uma única pessoa não tem capacidade para fazer muita coisa, o que pode ser feito por muita gente JUNTA, "
  
 
VAMOS NOS UNIR.
VAMOS MOSTRAR NOSSA FORÇA. 
 
OBS.: Não sou militar, meu marido não é militar e não tenho parentes militares.  Não sou favorável a uma ditadura, mas quero uma Intervenção Militar que venha nos salvar. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

CPMF como salvação


 
Diante da falta de recursos, da queda na arrecadação e do compromisso de aprovar um orçamento com superávit primário (economia para pagar juro) no próximo ano, o governo federal estuda a recriação da Contribuição Provisória sobre a Movimentação Financeira (CPMF).

A volta da CPMF já vinha sendo  'planejada' pelo antecessor de Dilma.  Não aconteceu e o país se ....  deu mal.  Para falar a verdade, quem se deu mal, mesmo, foi o povo brasileiro,  obrigado a pagar pelos desmandos dos outros.
 
Como o governo esquálido não tem mais de onde retirar dinheiro, pretende recriar a CPMF. 
 
Impossibilitado de inventar mais um imposto, pois ninguém aguenta mais,  o governo tem a intenção de trazer de volta a CPMF.  Acho que esse governo está pensando que o Brasil é  igual àquela lojinja de 1,99 que foi 'pro brejo' por falta de quem soubesse administrar seus recursos, levando-a à falência.
 
QUE VENHAM NOS SALVAR
 
NO DIA 07 DE SETEMBRO
IREMOS ÀS RUAS PEDIR UMA I
NTERVENÇÃO MILITAR
 
 
 
 
 
 

ARROGÂNCIA e HUMILHAÇÃO

- Evo Morales -
vídeo com assistente amarrando seu sapato
 está gerando polêmica
 
 
 
 
 
Motivo de tanta polêmica:  Evo Morales seria um exemplo de como se comportam as pessoas que tanto defendem uma igualdade social.
 
Essa tão pregada  'IGUALDADE'  por uma esquerda, não existe, por mais que seja desejada", pois as pessoas jamais serão iguais umas às outras.  Uns sabem lutar para chegar a algum lugar, outros serão eternamente dependentes.  Seja dependente de quem galgou um degrau que eles não galgaram ou de um  governo paternatista.

 
 
IGUALDADE NÃO EXISTE,
O QUE EXISTE É A
FALTA DE ARROGÂNCIA
 
 
 
    ARROGÂNCIA - ato ou efeito de arrogar(-se), de atribuir a si direito, poder ou privilégio;  qualidade ou caráter de quem, por suposta superioridade moral, social, intelectual ou de comportamento, assume atitude prepotente ou de desprezo com relação aos outros; orgulho ostensivo, altivez.
    HUMILHAÇÃAO:   submissão, rebaixamento, vexame, afronta e vergonha.
     
     
     
     
     
     
     
     
     

     

    Prá que serve tu, TCU ?

     
     
    O  Tribunal de Contas da União parece que resolveu admitir sua inoperância, ao se curvar - MAIS UMA VEZ! - às 'pedaladas' de  Dilma Rousseff (e sem bicicleta!).  Pelo jeito,  a presidentA atual além de levar o país para o buraco, é a principal mandatária do  TCU .
     
    Devidamente mandado, o TCU  resolveu adiar por unamidade, - MAIS UMA VEZ e agora por mais quinze dias! - o prazo para que a atual presidentA explique as contas famigeradas de 2014!  Como não haveria explicações para o desvio de recursos da União, o TCU não está prorrogando o prazo para supostas explicações, mas está adiando o cumprimento de sua principal missão,  que seria uma análise das contas irregulares da presidentA no ano passado e sua esperada  desaprovação

    As explicações para os desvios cometidos  dependeriam de boas sugestões políticas que podem ser aceitas ou não.  Como a situação da presidentA é bastante difícil, é provável que aceite argumentos preparados (caso estejam sendo feitos).  O problema é que o principal tapeador da Nação está contra ela, embora demonstre o contrário, com a intenção nítida de  defender sua primeira criação que foi o Partido de Trapaceiros  !
     
     
    O prazo teria seu término hoje. 
    O prazo de Dilma e do PT também!
     
     
    Terá  o TCU  a coragem para  cumprir seu principal papel?
     
    Vamos aguardar... mais 15 dias .
     
     
    MAIS DETALHES EM :
     
     
     

    CARTA MARCADA

     
    Quando um  ser criminalizado for contrário a outro,
    estará indo contra si mesmo.
     

    Janot venceu  Collor no "jogo de box" de ontem.   
     
     
    Depois de longa e ridícula sabatina no Senado, depois de sua aprovação quase que obrigatória - e consequente aprovação da Operação LavaJato -  'dependendente' de senadores envolvidos em propinas, Janot, como era  esperado, foi aprovado como Procurador Geral dessa Republiqueta Nacional que está aí.
     
    Embora  muitos dos senadores não quisessem  aprovar  o perigo que os cerca, foram obrigados a votar a favor de Janot, porque boa parte da sociedade estava de olho na votação, afinal é a sociedade que   paga esses senadores - REGIAMENTE -  para representá-la  (embora representem apenas suas próprias vantagens).  Votar contra Janot seria o mesmo que admitir seus erros espúrios, que pretendem negar.   
     
     
    Na foto abaixo,  podemos ver o ex-presidente Collor que depois de apontado por Janot o xingou.
     
    "Em boca fechada não entra mosca"!
     
     
     
    Rodrigo Janot formou-se em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais em 1979, e pela mesma universidade concluiu especialização em 1985 e mestrado em 1986. Realizou, também, especialização na Scuola Superiore di Studi Universitari e di Perfezionamento S. Anna (Pisa, Itália) de 1987 a 1989.[2]
    Atuou como advogado de 1980 até 1984, quando ingressou na carreira do Ministério Público Federal como procurador da República. Foi promovido a procurador regional da República em 1993 e a subprocurador-geral da República em 2003. Foi secretário geral do MPF de 2003 a 2005.[2]
    Em 2013, foi escolhido pela presidente Dilma Rousseff para substituir Roberto Gurgel no cargo máximo da Procuradoria-Geral da República,[3] tendo tomado posse em 17 de setembro de 2013.[4]
    Janot venceu eleição interna da Procuradoria para ser reconduzido à função em agosto de 2015. Com mais de 300 votos de vantagem sobre o segundo colocado, Janot teve 799 votos, 288 votos a mais do que na eleição de 2013. [5]


     Eliane Catanhêde - Jornal O ESTADO DE SÃO PAULO :  "O Procurador que sabe demais"   Leia Mais:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,o-procurador-que-sabe-demais-imp-,1640798Leia Mais:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,o-procurador-que-sabe-demais-imp-,1640798Leia Mais:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,o-procurador-que-sabe-demais-imp-,1640798
    Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
    Siga @Estadao no Twitter

    Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
    Siga @Estadao no Twitter

    Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
    Siga @Estadao no Twitter
    http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,o-procurador-que-sabe-demais-imp-,1640798



    Por mais vantagens que ofereçam a Janot,  ou por mais ameças que ele sofra, todos estaremos de olho em suas 'contribuições ' como Procurador Geral da República.
    Estaremos, também, prontos para fazer as cobranças necessárias, pois nosso dinheiro não é capim. 
     
     
     Não será votando a favor de Janot que ganharão o respeito que NÃO MERECEM,
    pois fizeram apenas o deveriam fazer.
     





    Leia Mais:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,o-procurador-que-sabe-demais-imp-,1640798
    Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
    Siga @Estadao no Twitter