Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Carma ou Lábia ? ERRO OU ATO FALHO?


NOTA E PEDIDO DE DESCULPAS

Desculpem o engano (erro) ao cometer um terrível ato falho e comentar sobre um carma que seria carisma. 

Carma é o nosso, ao ter que suportar um boneco como esse ao lado na Presidência por tanto tempo, e vê-lo nos ameaçar com sua volta em 2018.  CARMA É O NOSSO, repito !  O dele seria um "carisma" inexistente, segundo uma opinião meramente pessoal.

Carma têm os brasileiros, ao ter que aturar um PT que afundou o país junto com seu "suicídio".  Ora!  Quer se "suicidar" que o faça sozinho e não leve o país junto!

Alguém aí já viu o filme BASTARDOS INGLÓRIOS ?

*****


Dizem que o ex-presidente anterior à Dilma, tão petista quanto ela,  é um ser carismático.  Será que uma pessoa possuidora de um carma perderia tantas eleições?  
 
Em 1982, disputou o Governo de São Paulo e perdeuEm 1989,  se candidatou  à presidência e perdeu . Em 1994, voltou a se candidatar e perdeu de novo. Em 1998 voltou a se  candidatar à presidente da República, quando  perdeu outra vez.  
 
Diria que o ex-presidente possui uma grande lábia capaz de convencer os eleitores do que ele quer, principalmente  os  eleitores menos informados, porque as pessoas que acompanham o estrago que o partido dele tem feito ao país e as malandragens em que ele se meteu foram  abandonando um partido que é como um barco à deriva.  Em 2002, enfim, ele ganhou a eleição depois de concorrer pela quarta vez ao cargo de presidente da República.   
Lábia, que não é carma, é o mesmo que  manha, ser ardiloso, dono de um palavrório cheio de astúcia  e artifícios para persuadir e convencer).