Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

O PREÇO CONTINUA O MESMO, MAS A QUANTIDADE ...


... QUANTA DIFERENÇA !


 
Mais uma maneira de enganar o povo ou  compradores que necessitam de um determinado artigo é manter o mesmo preço (que aumenta com o tempo pequena coisa sem causar muita reação)  mas diminuir a sua quantidade.
 
 
Podemos  perceber se olharmos criteriosamente a quantidade que existe em cada produto que compramos.  Aliás a nota é nossa maior amiga. Por meio dela ficamos sabendo o quanto somos sugados, por meio dos impostos embutidos no preço de tudo o que é pago... sem que muitos nem percebam.  Quanto à quantidade, ela  vai diminuindo de forma enganosa, pois quem pretende tapear o povo sabe que ele não vai notar.   Porém, está lá, bem visível, a quem quiser saber o quanto está levando ... a menos que da última vez .
 
 
 

Não posso afirmar que isso ocorra em todas as marcas (*), até porque não adquiro tudo o que existe, mas é sempre bom estar atento a mais essa tapeação.  Também é claro que isso não vai ocorrer todos os dias, mas a insistência é uma grande companheira.
 
 
Um recurso muito usado é manter sempre o mesmo tamanho da embalagem, mas ir diminuindo gradativamente a quantidade que está ali dentro.  
 

 
VAMOS FICAR ATENTOS!
 
 
 
 (*) Todos estão se protegendo como podem, num país falido e com o "nosso" cada dia menor, embora o caso escandaloso do papel higiênico venha ocorrendo há muito tempo. Antigamente TODOS os rolos de papel higiênico vinham com 60 metros.  Hoje, o tamanho é apenas a metade, ou seja, meros 30 metros.  Foi esse caso escabroso que me chamou a atenção para todos os outros produtos que se utilizam da mesma técnica enganatória.