Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

sábado, 29 de julho de 2017

GORDURA PRESIDENCIAL

Em   "Sobrevida",  num artigo de  Júnia Gama, Letícia Fernandes e Eduardo Barreto  sob o título 'No Mundo do Planalto', jornal  O GLOBO, a questão é  "governo crê que falta de reação ao aumento de impostos o favorece"  .
 
Esse seria um jeito de o brasileiro xingar sem fazer nada de mais concreto.  Se nem diante da roubalheira política os natos nessa 'terrinha de meu deus' fazem nada, não vão querer que façam alguma coisa diante de mais impostos!
 
 
Mas aguardem porque, como diz uma antiga frase, um dia a porca torcerá o rabo e tudo poderá acontecer.  É só faltar feijão com arroz na mesa dos cada vez mais endividados, obrigados a pagar pela ladroagem alheia.
 

 
"Há também a expectativa de que o aumento do dinheiro em caixa pode tirar o governo  da 'paralisia'  e facilitar
O REPASSE DE VERBAS PARA DEPUTADOS ATUAREM
EM SUAS BASES ELEITORAIS."  
(No Mundo do Planalto)

 
Aparentemente as pessoas gostam muito de falar (ou escrever) e não fazerem nada, como já ficou comprovado há um tempo atrás.  Mas não podem esperar que essa inércia  será eterna.
 
 
Na próxima semana Temer será julgado por seus iguais. É o mesmo que colocar traficantes para julgarem um determinado traficante. 

 
Nada deverá acontecer.  E, cá para nós, tirar Temer e colocar Rodrigo ROTUNDO Maia em seu lugar seria o mesmo que trocar seis por meia dúzia.  A única  diferença é que estaríamos colocando mais camadas de gordura na cadeira presidencial . Ela só ficaria mais 'pesada' e 'mais difícil de carregar'.