Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

sábado, 12 de novembro de 2016

VIDAS IMAGINÁRIAS




Parece que os parlamentares criaram uma vida imaginária.  Para eles, é como se a vida dos verdadeiros  brasileiros esteja tão longe, que nada lhes diz respeito.   Acredito que seria um pouco diferente se a distante Brasília não tivesse sido criada, pois eles teriam que enfrentar a fúria das ruas, que se mobilizam contra as PECs, contra as reformas políticas, mas os deixam à vontade para fazer o que lhes der vontade, inclusive invadir o bolso do verdadeiro trabalhador. 
 
 
Criaram uma vidinha e uma figura que existe apenas na imaginação deles. E na dos ignaros, que ainda os respeita ao ponto de lhes dar votos.
 
 
Políticos acreditam ser  pessoas respeitáveis, mas esquecem que tanto faz roubar um celular ou algum objeto que será trocado por poucas migalhas, quanto roubar bilhões ou trilhões, porque é a mesmíssima coisa.   É como se um ladrão de rua se olhasse no espelho é visse uma figura que não é verdadeira, pois não faz diferença no que é roubado, pois  ...
 
 
LADRÃO É LADRÃO!