Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

sábado, 3 de setembro de 2016

La putana da semana

 
Como  Presidente do Senado, Renam Calheiros serve exatamente para representá-lo, pois seu "valor"  é bastante discutível e depende de seus interesses.
 
Ele serve tanto para um lado quanto para o outro, sem que possa dizer ter algum ideal, a não ser suas ventagens pessoais.
 
Foi ele o responsável pela manobra que favoreceu Dilma.  Embora ela tenha sido definitivamente afastada do cargo da Presidência com base em crimes cometidos, continua sendo elegível, podendo concorrer a qualquer cargo público.  Só resta saber se alguém será capaz de votar nela, pois  estará votando contra si mesmo !   
 
 
As hipóteses sobre a  de Renan para favorecer Dilma após o impeachment - InfoMoney: 
 

Em seu artigo 'O que é inconstitucional?', Merval Pereira comenta os fortes desdobramento que tal 'escolha' pode ter .

         "Diante da judicialização do impeachment da ex-presidente Dilma, é inevitável que o Supremo Tribunal Federal (STF) entre na questão, até mesmo para dizer que não cabe a ele decidir. A excêntrica decisão do Senado, separando a cassação do mandato presidencial da inabilitação para funções públicas, além de provocar incongruências tão graves quanto Dilma poder exercer qualquer cargo no país, menos o de presidente da República, tem ainda um fator político que terá desdobramentos graves."
 
 
Diante da bagunça que se instalou no país (mais essa!) , até mesmo Delcídio Amaral quer ter o mesmo tratamento dado a Dilma.  É um pequeno exemplo  do que pode nos ocorrer futuramente ! https://noticias.terra.com.br/brasil/delcidio-do-amaral-recorre-ao-supremo-para-garantir-direitos-politicos,ac09e1f0e2d0354480027764c62344baywyss6hp.html
                             

OBS.: Foi no impeachment de Dilma que Renan pode 'jogar para os dois lados'.  Votou por seu afastamento e manipulou para que seus direitos polítcos ficassem garantidos. Os dele também!



Artigo 52 da Constituição estabelece a competência do Senado para processar e julgar o presidente; seu parágrafo único reza; a condenação, proferida por dois terços dos votos dos senadores, será limitada “à perda do cargo, com inabilitação, por oito anos, para o exercício de função pública, sem prejuízo das demais sanções judiciais cabíveis”. BJ enviado  Carlos Alberto Pessoa - Facebook