Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

sexta-feira, 29 de julho de 2016

INTERNACIONALIDADE DO DESESPERO


A notícia que 'estourou' ontem (triste como quase todas as outras quando algum político brasileiro está envolvido) foi de que o  antecessor de Dilma foi ao Comitê da ONU pedir apoio pela sua há muito esperada (e merecida) prisão.
 
O antecessor de Dilma foi à ONU protocolar uma petição na qual acusou o Juiz Sérgio Moro de abusar de seu poder e violar os direitos humanos, como se lá fora pudesse obter o que não tem aqui, o que ele mesmo disse, depreciando sua origem e a nossa também. Mal sabe  ele, que nunca sabe de nada (nem mesmo da ladroagem que estava à sua volta e em suas próprias mãos!) que, se não estivesse no Brasil, já estaria preso há muito tempo.
 
Em seu artigo L--- busca refúgio Merval Pereira disse no ínício (http://blogs.oglobo.globo.com/merval-pereira/post/lula-busca-refugio.html :                                   

"Não bastasse a exposição internacional de nossas mazelas proporcionada pela realização das Olimpíadas, vem agora o ex-presidente L--- pedir ajuda ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, como se fôssemos um país sem instituições jurídicas independentes, como quaisquer dessas repúblicas de banana em que ele deu pretensas palestras, e onde liderou o lobby em favor de empreiteiras nacionais.
 Por feliz coincidência, no mesmo dia em que L--- tenta colocar o país numa situação vexaminosa, mas só conseguiu dar um tiro no próprio pé, uma perícia da Polícia Federal expõe fatos que indicam que o ex-presidente e sua família são os reais proprietários do sítio em Atibaia em que as empreiteiras OAS e Odebrecht fizeram obras orçadas em R$ 1,2 milhão...."
 
Depois de fazer o que senpre criticou e não fazer o que jurou que faria, nem adianta mais apelar para as instuições internacionais porque suas mentiras já estão expostas e sua prisão está cada dia mais próxima.
 
 
"T E J E"    P R E S O  !