Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quinta-feira, 22 de junho de 2017

O BONÉ

 
 
Fora os males que o uso intermitente de bonés podem fazer, pois não deixa a cabeça "respirar", o uso do boné se tornou modismo entre os jovens e bandidos.

 
 
Os bonés são  virados para trás porque o usuário parece estar nos passando um aviso de rebeldia. 
 
 
É o modismo que manda na vida das pessoas, sem que elas admitam isso.   Usar a aba voltada para trás, então, é uma tremenda besteira que virou moda.
 
 
Já vi um rapaz de boné, com a aba voltada para trás, usando as mãos contra o sol,  para enxergar melhor, quando a aba existe  exatamente para isso: livrar nosso rosto dos raios solares,  ajudando nossa visão.  A não ser que "os rebeldes" queiram proteger suas nucas.
 
 
Bonés combinam bem com uma calça jeans e camiseta.  Não deveria ser usado com terno como fez Joesley quando foi  prestar depoimento no processo (Operação Bullish),
que apura irregularidades nos contratos feitos entre a JBS e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 

Tão estranho quanto usar boné em sentido inverso é Joesley acusar apenas Temer e "livrar a cara" do ex-presidente destruidor, precisando de um Cunha para apontá-lo como  igualmente meliante no caso.  Mais estranho ainda é ver Temer vender produtos da JBS na Rússia.  Não sei o que "está por baixo dos panos", mas começo a achar que além de ladrões são malucos.