Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Recado da Netflix

O recado genial da Netflix para os políticos
que passam pelo Aeroporto de Brasília
 
 

A imagem acima foi registrada pelo escritor e publicitário Bruno Scartozzoni e pode ser vista por todos aqueles que vão pegar um voo nos próximos dias.
 
 
A frase foi dita pelo personagem Frank Underwood, protagonista de House of Cards, na primeira temporada da série. Ele se referia ao lobista Remy Danton, que trabalhou como seu assessor antes de aceitar um emprego no mercado privado.

Diante da aguda crise política que se instalou no Brasil nos últimos tempos, com inúmeras delações e revelações de propinas entre lideranças políticas, essa frase se mostra como uma bela "cutucada" do serviço de streaming nos políticos do País.

Vale ressaltar que pelo aeroporto em questão circulam as principais autoridades do Brasil, incluindo senadores, deputados e ministros.
 
 
Esta não é a primeira vez que a Netflix usa esse cenário caótico da política como jogada de marketing da série. Dias atrás, antes do lançamento da 5ª temporada, a empresa também "conversou" diretamente com o público brasileiro.

Em um vídeo breve, o chefe de gabinete da Casa Branca, Doug Stamper (Michael Kelly), se dirigiu à câmera e disse: