Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

domingo, 9 de outubro de 2016

A esquerda foi ali e volta já - Ancelmo Gois


Domingo,a esquerda brasileira apanhou feio nas urnas, um vexame comparável aos 7x1 da Alemanha contra o Brasil na Copa do Mundo. O gol de consolação veio de Marcelo Freixo, candidato do PSOL, que chegou ao segundo turno na segunda maior cidade do país, o Rio. 
 
O naufrágio do petismo se deve à junção de dois demônios: o fracasso retumbante na gestão econômica e política e o envolvimento da legenda, e de alguns de seus caciques, na Lava-Jato.
 
Há ainda, acho, uma certa dose de fadiga com o petismo, uma vontade de mudar que move, de tempos em tempos, todas as democracias que amamos tanto. Nesses países, funciona uma espécie de roda-gigante política: tem hora que a esquerda ou a direita (em suas infinitas variações) está por baixo, tem hora que está por cima.
 
A alternância do poder faz parte do “kit” democrático, que inclui o voto popular como origem do poder e a plenitude das liberdades públicas. Sem a dança das cadeiras, não seria democracia e muito menos uma “democracia à brasileira”, como ensinou Sobral Pinto (1893- 1991) a seu carcereiro, em 1968, quando o de farda tentava justificar o regime dizendo se tratar de uma democracia verde e amarela: “Conheço peru à brasileira, democracia é igual no mundo”.
 
Ancelmo Gois é jornalista
 
PARA QUEM PENSA QUE A ESQUERDA BRASILEIRA JÁ SE ACABOU É BOM LEMBRAR QUE O PERIGO PODE  MORAR AO NOSSO LADO E NEM SABERMOS.   PARA EVITAR RISCOS MAIORES É BOM FICAR SEMPRE ATENTOS..
CUIDADO COM A RODA GIGANTE
E COM A DEMÊNCIA DE NOSSOS ELEITORES "