Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

GASTO em auto-promoção


No sábado, dia 15.08, na Tijuca, havia uma moça que distribuía livretos, promovendo um deputado do partido PSOL.  O que chamou a atenção foi a qualidade do papel que mais parecia um papelão de tão grosso. 

Certamente  nem o partido, nem seu integrante mais conhecido e dono do tal livreto gastariam tanto  em auto-promoções caso aquilo não fosse uma de suas  indecorosas regalias, num país onde atualmente todos nós estamos fazendo economia.  Só que o mundo deles é um mundinho à parte.      
 
 
*****
Nas eleições deste ano, os políticos poderão se apresentar como pré-candidatos sem que isso configure propaganda eleitoral antecipada, mas desde que não haja pedido explícito de voto. A nova regra está prevista na Reforma Eleitoral 2015, que também permite que os pré-candidatos divulguem posições pessoais sobre questões políticas e possam ter suas qualidades exaltadas, inclusive em redes sociais ou em eventos com cobertura da imprensa.  É PRECISO PEDIR VOTOS EXPLICITAMENTE PARA QUE DISTRIBUIÇÃO DE PANFLETOS OU CADERNINHOS COM AUTO-PROMOÇÕES SEJAM CONSIDERADAS PROPAGANDAS ELEITORAIS?  ISSO TALVEZ SEJA VÁLIDO NO MEIO DE PESSOAS TOTALMENTE IGNORANTES, SÓ QUE NEM TODOS SÃO ASSIM.  OBS.: AS AUTO-PROMOÇÕES PODEM SER DIRECIONADAS A UM DETERMINADO CANDIDATO, AO PARTIDO OU AO NOME DO POLÍTICO QUE CARREGA SEU PARTIDO E, CONSEQUENTEMENTE SEU CANDIDATO, 'NAS COSTAS", ALÉM DE ESTAR SE PROMOVENDO.
 
*****
 
Quem preparou as novas regras para uma campanha eleitoral?
Foi o eleitor brasileiros? 
Foi o povo brasileiro?
Foram vocês?