Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Psicopatia



Características de um psicopata: São eloqüentes,  charmosos  e capazes de impressionar e cativar rapidamente.
 

Assumem liderança em agrupamentos sociais porque - apesar de insensíveis e frios,       são calculistas e capazes de mentiras inteligentes possuindo    "brutal capacidade de manipulação e nenhum sentimento de culpa ao fazer isto"
 
A psicopatia não é uma doença  mental , embora fique entre a sanidade e a loucura.
Não tendo delírios,  um psicopata aproveita sua lucidez para agir  de acordo com seus interesses,  mesmo que  seu comportamento prejudique  outras pessoas.   Para um psicopata é indiferente cometer um estrupro (real ou moral), uma morte ou sofrimento de alguém.  Não existe nada capaz de deter um psicopata
 
Desumanos,  esmagam implacavelmente quem possa obstaculizar suas pretensões. E a intuição pode ser inútil quando o psicopata-mor é apoiado por uma alcatéia de “psicopatetas”,isto é, patetas que se permitem enganar e usar pelo(s) psicopata(s) 
Muito inteligentemente, ou espertamente, um psicopata é capaz de demonstrar sentimentos altruístas que não possuem, desde que isso sirva para conquistar a simpatia. Essas inteligências voltadas para o mal são de altíssima incidência, sendo que  1 % da população mundial é psicopata ! Num presídio, por exemplo, os psicopatas assumem das populações carcerárias transformando as prisões em infernos sob seu comando.
Testes psicológicos são INCAPAZES de detectar a psicopatia, pois a esperteza permite identificar a intenção por traz das perguntas que lhe são feitas.  Um psicopata  manipula os resultados de um teste e escolhe racionalmente as respostas e atitudes "certas" ou que seriam esperadas...
A insegurança social FORA DAS GRADES chegou onde está porque em qualquer atividade onde a liderança é importante o percentual de psicopatas cresce nos postos chave.
Qual será, portanto,  o percentual de psicopatas entre as "lideranças" políticas ?        
Para  dominar um psicopata a pesquisadora brasileira Ana Beatriz Barbosa desenvolveu um mecanismo para - ao aplicar o teste psicológico - detectar qual área do cérebro é usada na resposta.    Os psicopatas não possuem atividade cerebral na região responsável pela moral e pela ética e utilizam outra parte da mente ao responder ás questões !  Obs.:  um psicopata não possui qualquer atividade cerebral na área responsável por moral e ética  e   seu    pensamento, sua energia mental, jamais é desviada para a "valoração" das situações ou por emoções, vindo daí advém, também  sua inteligência e lucidez invulgares, pois toda sua energia mental está concentrada em como atingir seus objetivos.
 
 Mesmo que parcela expressiva da população consiga evitar a lavagem cerebral,  não adianta porque os psicopatas transformam a democracia na "ditadura da maioria".  Mesmo não possuindo a maioria,  um psicopata   "finge" possuir, e se arvora em defensor da verdade.   Com base num 'barulho', os psicopatas fazem suas idéias prevalecerem.