Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

terça-feira, 21 de abril de 2015

Lula : ascensão e queda

 
 
No início do mês, Reinaldo de Avezedo comentou sobre o tempo lullista que acabou e não voltará mais.  Nem mesmo voltará, como ele tanto quer, em 2018 (http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-furia-de-lula-tem-um-motivo-acha-que-dilma-vai-inviabilizar-a-sua-candidatura-a-2018-ele-nao-aceita-a-evidencia-seu-tempo-acabou/)
 
Ao invés  de colocar a culpa em sua própria decadência, o petista ex-presidente da república jogou a carga pesada para cima de sua sucessora, por ele mesmo indicada como sendo a melhor presidente que o país poderia ter.  Acho que ele quis dizer que ela seria a pior, mas vamos deixar esse 'engano' prá lá. 
 
Dilma se tornou a pior oponente do ex-presidente ao insistir em sua reeleição, ao contrário do que ele esperava.

Pior foi o grande erro que ele cometeu  durante toda sua vida, por achar que ela seria infinita:  nunca ensinou a ninguém o método por ele usado para enganar as multidões e se aproximar, falsamente, de um povo.  Se ele está, agora, decadente, moralmente inclusive, a culpa é só dele e não pertence a nenhuma outra pessoa.

 

Dilma tem, sim, de se preocupar com as ruas.
Mas quem mais a ameaça hoje é L---,
que não aceita o óbvio:
seu tempo acabou!