Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quinta-feira, 3 de março de 2016

A delação de Delcídio - QUAL SERÁ A SAÍDA AGORA ?

 
Depoimento devastador de Delcídio põe Lula e Dilma na cena do crime
 
Leia reportagem de 'IstoÉ' em que Delcídio delata Lula e Dilma
 
Pouco antes de deixar a prisão, no dia 19 de fevereiro, o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) fez um acordo de delação premiada com a força-tarefa da Lava Jato. ISTOÉ teve acesso às revelações feitas pelo senador. Ocupam cerca de 400 páginas e formam o mais explosivo relato até agora revelado sobre o maior esquema de corrupção no Brasil – e outros escândalos que abalaram a República, como o mensalão.
  
Com extraordinária riqueza de detalhes, o senador descreveu a ação decisiva da presidente Dilma Rousseff para manter na estatal os diretores comprometidos com o esquema do Petrolão e demonstrou que, do Palácio do Planalto, a presidente usou seu poder para evitar a punição de corruptos e corruptores, nomeando para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) um ministro que se comprometeu a votar pela soltura de empreiteiros já denunciados pela Lava Jato.
 
O senador Delcídio também afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio L. da Silva tinha pleno conhecimento do propinoduto instalado na Petrobras e agiu direta e pessoalmente para barrar as investigações - inclusive sendo o mandante do pagamento de dinheiro para tentar comprar o silêncio de testemunhas. O relato de Delcídio é devastador e complica de vez Dilma e L., pois trata-se de uma narrativa de quem não só testemunhou e esteve presente nas reuniões em que decisões nada republicanas foram tomadas, como participou ativamente de ilegalidades ali combinadas –a mando de Dilma e L., segundo ele.
 
 
 *****
 
 
Apenas uma delação não é suficiente para que o afastamento de Dilma nem a prisão de seu antecessor. Serão necessários documentos  incontestáveis pelos advogados da dupla mafiosa desse partido que já ''foi para o espaço'', por não contar mais com a credibilidade de um partido que chegou vomitando uma seriedade que nunca teve.
 
De qualquer forma, o cerco vai se fechando cada vez mais e a bolha d e L. está prestes a estourar.  Vamos ver agora qual será a saída dele !
 
 
ENQUANTO ISSO, O MEDO INCOMODA CADA VEZ MAIS !