Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Mais desempregados !

 

Indústria de máquinas ameaça demitir 150 mil se desoneração da folha acabar

Presidente da Abimaq diz que empresários estão tensos com a possibilidade de perder o benefício

por



"A aprovação do projeto que acaba com a desoneração da folha de pagamentos e aumenta o percentual a ser pago pelos fabricantes de máquinas e equipamentos de 1% para 2,5% deverá causar a demissão de 150 mil trabalhadores no setor até o final do ano, segundo levantamento realizado pela Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Segundo Carlos Pastoriza, presidente da entidade, os empresários do setor estão tensos com a possibilidade do governo acabar com o benefício e ainda aumentar a contribuição sobre a folha de pagamento dos salários em 150%, como quer o ministro da Fazenda Joaquim Levy. Pelos dados da Abimaq, o setor emprega hoje 350 mil pessoas, e o número de demitidos por conta do fim da desoneração superaria com folga o total de postos de trabalho na indústria automobilística (138 mil).
 
— Os empresários do setor estão revoltados e já cogitam um movimento de desobediência civil e até fechamento de fábricas. O governo está matando e enterrando a indústria nacional — disse ele."

...

 
Continuação: 
 
 
 
Sabe como fazer para enganar um povo?
 
Basta fazer a ele promessas.  Cumprir todas elas, mas só por um tempo para, depois, retirar deles tudo que pensaram que conseguiram.  Porém, enquanto o povo se 'farta' com  coisas bem populares,  os promisssores se  esbaldam com coisas bem sofisticadas, e às custas da idiotice alheia.