Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Redução nas compras

Redução no gasto das famílias faz produção industrial cair 1,2%
Perdas chegam a alimentos e têxteis. Levy diz que quadro será revertido
 
 
 Marcello Corrêa e Fernando Eichenberg
O Globo - 03/06/2015
 

 "A queda no consumo das famílias, um dos destaques negativos do PIB do primeiro trimestre, passou a afetar com mais intensidade a indústria brasileira em abril. Segundo dados divulgados ontem pelo IBGE, o setor encolheu 1,2% naquele mês frente a março — a terceira queda seguida nesse tipo de comparação. No mesmo período, a produção dos chamados bens semi e não duráveis, como alimentos e vestuário, encolheu 2,2%, pior resultado desde julho de 2013, quando a queda foi de 3,7%. Para analistas, o resultado reflete a piora do mercado de trabalho, que começa a impactar não só a demanda por bens que dependem do crédito, mas as compras do dia a dia."


A cozinheira, que  trabalha aqui em casa e faz comidas maravilhosas, serve como termômetro.  Quando recebia o que ganha por mês ía ao Supermercado comprar o básico.  Atualmente o que ganha não dá para comprar mais nada. Nem mesmo o básico.   


" Não é a primeira vez que o segmento tem dados negativos,
mas a perda se intensificou."


 "A gente não vê uma reversão para esse ano. No segundo trimestre, a gente espera uma contração maior, em parte por causa de uma produção industrial um pouco pior. A confiança tanto do consumidor como do empresário, vem caindo — destaca Natália Cutarelli, economista do banco ABC Brasil."



Esse é o PT que se  diz interessado numa vida decente dos trabalhadores,
as pessoas que trabalham para sustentar os bandidos que nos representam em Brasília e nos partidos como o PT-Partido de Trapaceiros 


VOTEM CORRETAMENTE.
VOTEM  NUMA GELADEIRA VAZIA.