Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

segunda-feira, 16 de março de 2015

Promessa antiga e panela vazia

 
A mesma 'lenga-lenga' de sempre!
 

"Além de enviar esta semana ao Congresso o pacote anticorrupção, Dilma Rousseff apressa as mudanças no ministério para responder às manifestações e TENTAR ESTANCAR a crise política.

 

"O PT se preocupou com a grande quantidade de faixas, cartazes e camisetas contra L---. Petistas avaliam que a blindagem ao ex-presidente não está resistindo à deterioração da imagem de sua sucessora.
 
***
Dilma mandou os ministros Cardozo e Rossetto para uma réplica à multidão nas cidades. Fracassaram -  http://rota2014.blogspot.com.br/2015/03/uma-presidente-atonita-com-voz-das-ruas.html

 
 
Ao falar a uma Nação que não o ouviu,  porque preferiu fazer seu ruidoso panelaço, o Ministro Cardozo  anunciou “para os próximos dias” um pacote anticorrupção, o que é prometido sempre que a presidentA e seu partido precisam do apoio popular.  Ou melhor, sempre que precisam enganar o povo, mais uma vez.  Segundo ele mesmo disse, estajá era uma promessa eleitoral da presidente”.
 

Já o ministro Rossetto tentou desqualificar a grande variedade de pessoas que foram às ruas reclamar do atual governo e, consequentemente, do partido que lá se instalou, dizendo que “A maioria é de eleitores que não votaram na presidente”. Se o que ele disse fosse verdadeiro, Dilma não teria sido reeleita, devido ao grande número de participantes das manifestações de ontem,  mas... me engana que eu gosto ou ele precisa.
 
 
Cansativamente, os ministros petistas prometeram DE NOVO, que o governo iria contra a corrupção e faria  as reformas políticas.  Promessas vãs, repetidas toda vez que o partido oportunista precisa tapear o povo,  principalmente o povo que o elegeu mais uma vez!  Até parece aquela propaganda de TV, que, de tão repetida, nos faz ganhar mais alguns quilinhos ao nos levar à cozinha sempre que surge na tela, porque todos já estão de bagus plenus de tantas mentiras e tapeações.
 
Ao PT, e principalmente à incompetência  da presidentA indicada por seu antecessor, devemos a triste situação em que nos encontramos .  A inflação voltou, houve um aumento escandaloso nos preços que precisamos pagar, os mais pobres estão ameaçados... .  Quanto à desigualdade social, de que sempre o partido se valeu, ao invés de desaparecer, simplesmente aumentou. E, pior ainda, depois de muitos anos, o desemprego também aumentou. 
 

Alguém deveria avisar o partido da presidentA
que nem adianta prometer mais nada,
pois agora é tarde, e seu tempo já passou. 
 
 
 
VEXAMES:
 
No começo de março o ministro Rossetto foi à UNE-União Nacional dos Estudantes, um verdadeiro reduto petista, para explicar que “não há reforma neoliberal e não há corte em nenhum programa social do povo brasileiro”. Foi vaiado!

Depois, o ex-presidente tentou enganar  os 'troxas', alegando que faria uma manifestação sindical “em defesa da Petrobras”, como se quem vivem cobrando honestidade estivesse a fim de atacá-la.  O que nem todos os jornais ou revistas contaram foi que ele entrou e saiu da sede da ABI, por baixo de vaias, sendo necessário que fosse escoltado por oito seguranças.

Em relação às vaias, Dilma, sua substituta,  já se tornou a maior spert no assunto, porque tem sido vaiada em diversas ocasiões.
 

LIDERENÇA
 
"Uma das características dessa crise é a escassez de líderes
para conduzir o país a um projeto de conciliação nacional."
 
 
"Não se vê no governo, no Congresso e nos partidos
sequer um pré-candidato 2018 disposto a defender
a esperança."
 
 
 

A Megalomania/egolatria, o excesso de vaidade de um  metalúrgico  que chegou à Presidência da República impediu que surgissem outros líderes num enorme espaço de tempo, porque ele não queria que ninguém aparecesse, pelo perigo de ter quem pudesse fazer frente a ele. A vaidade não correria esse risco. Era melhor que a liderança acabasse.  Ou será que a liderança viveria para todo o sempre?

 

A imbecilidade deixa que o povo pense (ou deixe de pensar!) que nada é melhor do que a liberdade que permite a um povo ir às ruas, não apenas para votar, mas também para protestar.  Mas esperamos que, desta vez, ele continue sua luta.
 
 
 
 
Estamos ainda no começo,
 mas ontem, Dilma e seus ministros, juntos com LI
preferiram fingir que não viram nada,
da mesma forma que
nunca souberam de nada.