Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

domingo, 27 de dezembro de 2015

Chico Buarque

 
Chico Buarque foi um excelente compositor, mas como pessoa é uma grande merda.

(a opinião é pessoal e, por mais grosseira que possa parecer, é um direito a que não abro mão)

 



RECEBIDO POR EMAIL

Mas, afinal de contas, Chico Buarque é ou não é um merda?

O texto a seguir vai responder à questão lembrando a obra de seu pai. Fernando Holiday, do Movimento Brasil Livre, também se pronuncia.  Quem primeiro chama o interlocutor de “merda” é o cantor; pior: fidalgo desde sempre, o filho de Sérgio Buarque exige credenciais de quem fala com ele. O pai diria que o comportamento de seu rebento é a cloaca moral do “homem cordial” de “Raízes do Brasil” 

Vídeo  do caso [AQUI]
 

 Ninguém deve ser agredido por suas  idéias,
a quem todos temos direito,
por mais que aleguem tudo não passar de indignação.  
 

Reinaldo Azevedo escreveu sobre o assunto no dia  24/12/2015 :

" ...  destaque-se a arrogância do fidalgo, que começou a vida sendo incensado porque, afinal, era filho de Sérgio Buarque de Holanda, o autor, entre outros, do clássico “Raízes do Brasil”. É nesse livro que Buarque de Holanda, o pai, explica Buarque de Holanda, o filho.  Por mais que Chico  Buarque tenha se lançado principalmente por ser filho de Sérgio Buarque de Holanda, o que não passa de grande sorte, a criatividade e a qualidade de suas músicas não podem ser negadas.   Chico Buarque sempre se mostrou um grande compositor, embora tenha se aproveitado de sua situação, e tenha ideias e comportamentos não aceitáveis.
 
Vejam lá com que sem-cerimônia Chico exige credenciais de seus interlocutores. Diz um dos jovens, aludindo ao fato de que o cantor, de fato, passa a maior parte do tempo em Paris: “Meu pai também está em Paris. É gostoso Paris, né?”. E Chico, com a empáfia do patronato descrito por seu pai: “Rapaz, engraçado, eu não tou te reconhecendo!”. Aí diz o outro: “Você é famoso! Eu não sou!”. Indagado, o interlocutor revela seu sobrenome, e o Chico do Sérgio o repete, com esgar de desprezo. O filho de Sérgio Buarque exige credenciais de quem fala com ele. O pai diria que o comportamento de seu rebento é a cloaca moral do “homem cordial” de “Raízes do Brasil”.

E quer saber a quais “nomes de família” ele dá a graça de suas bobagens. Sai perguntando a cada um. Um barbudo, visivelmente alterado pela consciência etílica, quer saber de “onde” é um dos que conversam com ele. Ao ouvir um “não interessa”, o pançudo grita: “Interessa! De onde cê é?”.

Há outras coisas até divertidas no vídeo. Quando um dos rapazes lembra que Chico mora a maior parte do tempo em Paris, o que é fato, ele diz, em tom de acusação, que o outro é leitor da VEJA.  Digamos que seja. Chico certamente gosta da imprensa de nariz marrom que incensa tudo o que ele produz e escreve, preste ou não.

...

No site http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/as-mentiras-asquerosas-de-stedile-e-chico-buarque/, citado numa página de Reinaldo Azevedo, se pode ver o vídeo por ele gravado  com João Pedro Stedile, o chefão do MST, em que ambos sustentam haver um plano de privatização da Petrobras. Vejam vídeo [AQUI], embora   inexista plano para privatizar a Petrobrás.  MENTIRA SE TORNA NORMAL PARA QUEM CONVIVE COM ELA.
 
...

Chico, em suma, é o homem que seu pai lastimou em “Raízes do Brasil”.

Será que Chico Buarque é um merda?

 
Talvez Chico Buarque tenha sido arrogante, como disse Reinaldo de Azevedo, mas ele pode ter feito isso como uma forma de auto-defesa.