Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Liderança comunista recebe liderança capitalista


Ao ler o artigo de  MARIANA CARNEIRO sob o "distorcível"  título Macri 'relança' relação com visita a Dilma nesta sexta - http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2015/12/1714856-macri-relanca-relacao-com-visita-a-dilma-nesta-sexta.shtml, deu para perceber que as notícias estão bem de acordo com a reviravolta que vem ocorrendo não só em nosso país, mas em todo nosso continente: deixamos de ser comandados por gente ignorante, mas por pessoas mais  evoluídas culturamente, embora sejam todos  aproveitadores do dinheiro da União, ao menos em nosso Brasil.
 
Embora o título possa a nos levar a um engano,  lendo o texto inteiro podemos perceber o seguinte:
 
 - O presidente argentino, recentemente eleito, passará apenas duas horas em Brasília.  Sua passagem pela capital será rápida, quando deverá se encontrar com a presidente Dilma Rousseff;

- Depois de sua passagem rápida por Brasília, coincidentemente logo depois do processo de impeachment contra a presidente Dilma –, Macri partirá para São Paulo, onde deverá ser recebido com pompa e circunstância na Fiesp, chefiada pelo peemedebista Paulo Skaf, ligado ao vice-presidente Michel Temer.  ...   A visita, que inclui almoço, ocupa o dobro do tempo da passagem por Brasília na agenda do argentino.

 
Ele e Dilma ficarão frente a frente pela primeira vez desde que o político,
que faz oposição a Cristina, venceu as eleições, no fim de novembro.  
O PT de Lula fez campanha pelo rival de Macri, o governista Daniel Scioli,
que Dilma chegou a receber no Planalto - algo inusual para um governador provincial.
 
 
 
Qual a semelhança entre os títulos  Macri 'relança' relação com visita a Dilma nesta sexta  e Liderança comunista recebe liderança capitalista ?  Se não sabe qual é a semelhança entre os dois títulos ou ainda não tem a malícia política na sua cabeça ou o segundo título não alcançou a maldade necessária.

 
 
 Eleições parlamentares na Venezuela serão agora, no próximo domingo,
 6 de dezembro, anunciou o Conselho Nacional Eleitoral
VAMOS TORCER!
Venezuela não é o nosso país, mas sua eleição terá um grande significado.