Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

O MAL contra o MAL

 
Ontem, Eduardo Cunha - PMDBista e atual Presidente da Câmara dos Deputados, que não podiam ser melhor "representados"  - resolveu acabar de roer a corda que sustentava seu cargo e  o cargo da nossa destruidora presidentA da República.  Havia uma espécie de acordo entre eles que  de um lado evitava o impeachment de Dilma e do outro a cassação de Eduardo Cunha, já conhecido por manter conta bancária fora do país ( além de outras falcatruas, afinal ele também é um político! ).  O que aconteceu todos já sabemos, foi uma queda dupla: ela, a incapaz PresidentA para um lado e ele o bandidão Eduardo Cunha para outro.
 
Depois de se ver abandonado pelo PT,  Eduardo Cunha avisou que aceitaria o impeachement de Dilma.  Aconteceu o mesmo  de sempre: vimos nossa incompentA ir à TV, numa entrevista coletiva, SE FAZER DE VÍTIMA enquanto atacava seu 'amiguinho' que havia se tornado  adversário.  
 
Pronto!  Daqui a pouco veremos seu antecessor se dirigir a seus eleitores e acusar os "adversários" de darem mais um golpe contra o partido deles, o PT-Partido de Trapaceiros, ou melhor, um golpe contra a ''democracia''  .  É bom lembrar que o falastrão antecessor de Dilma estava calado, se fazendo de morto (até porque só ele não sabe, que já morreu há muito tempo!) depois que pessoas cada vez mais chegadas a ele foram presas e o cerco vai se fechando. 
 
 





 
 
Caso ele torne a dizer
que tudo não passa de mais um golpe, 
será o caso de mandar interná-lo!
 
 
 
  
 Quanto às palavras de vítima ditas pela PresidentA , que destruiu o Brasil (junto com uma empresa do porte da Petrobrás), não são mais levadas em conta, depois de dizer absurdos  mundo afora. 
 
 
 
Dilma, a destruidora.
 
Tanto do país, quanto do seu partido.
 
 
OBS.: Quando foi fazer seu pronunciamento  ontem,  Dilma chegou cercada de alguns ministros (não todos porque não haveria espaço para tantos ministros) .  Eles entraram mudos e saíram calados, mostrando que estavam ali para nada, além de 'impor' sua presença.