Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

domingo, 20 de dezembro de 2015

PMDBosta e Partido dos Trapaceiros brigam pela Presidência da Câmara dos Deputados

PMDB e governo deflagram disputa pela presidência da Câmara 

Guerra de Secessão  (ou sUcessão?) - A possibilidade de afastamento de Eduardo Cunha da presidência da Câmara pelo STF acirrou as divisões na bancada do PMDB, que já vive clima de guerra pela disputa da liderança do partido. A batalha deve reproduzir a atual: Leonardo Picciani (RJ), que retomou o posto de líder com ajuda do Planalto, tem simpatia do governo para se candidatar. Osmar Serraglio (PR), da ala pró-impeachment e aliado do presidente da Câmara, é visto com bons olhos pelo grupo de Michel Temer.

 
 QUEM   TERÁ MAIS CHANCES:
Coluna do meio -  Aliados de Cunha e líderes de oposição avaliam que um nome de fora do PMDB em partidos com boa interlocução com o presidente da Casa, como PR e PSD, pode ter chances na sucessão.
 
 
Pés no chão -  Passada a euforia pela vitória (?)  no STF sobre o rito do impeachment, o Planalto pretende voltar a trabalhar: “Seja a regra que for, vamos precisar de votos”, diz um assessor palaciano.

 
ATÉ QUANDO RESOLVEM COMPETIR POR UM CARGO POLÍTICO, 
  DÁ PARA PERCEBER QUE É TUDO A MESMA COISA 
(OU É TUDO  "A LESMA LERDA") !