Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

terça-feira, 21 de março de 2017

Janela de Overtom

... para  não cairmos, na conversa criminosa, de políticos que ora estão envolvidos até o pescoço, em falcatruas pela Lava Jato. São verdadeiros criminosos que embolsaram e embolsam o dinheiro que nos faz falta, para a saúde, educação, segurança, moradia e transporte. Meus amigos e amigas, pensem no que está escrito, formem suas convicções e propaguem estas, entre seus internautas. Temos que ser ágeis e proativos, antes que seja tarde. A crise ora instalada no Brasil, boa parte dela, foi gerada pela nossa omissão ou não?
Claudio Szulcsewski
 



Janela de Overtom ou como manipular as mentes

Há 20 anos, um americano elaborou uma teoria sobre como nós podemos ser levados a pensar o que um grupo de pessoas quer que nós pensemos. Seu nome, Joseph P.Overton. A aplicação de sua teoria ( chamada Janela de Overton) pode ser usada para disseminar propostas , tanto positivas como negativas na sociedade, e é aí que mora o perigo. 

 Pense em como evoluíram no mundo temas como legalização do aborto, descriminalização das drogas, casamento gay, a teoria de gêneros...   Essas ideias foram sendo inoculadas através de partidos de esquerda, por seus intelectuais, por parte da mídia conivente , em discussões nas escolas através de professores militantes , num processo homeopático, gota a gota... através do tempo, até que a sociedade estivesse devidamente preparada para aceitá-las na prática. Você aceita? Eu não, apenas me submeto e respeito, mas o grosso da população pouco crítica se acha preparada e "moderna"  para advogá-las, e servem de massa de manobra para lutar contra o que chamam de valores burgueses e conservadores. Valores que fazem parte de nossa herança cultural, dos costumes gerados espontaneamente no seio do povo através do tempo.

E hoje , no Brasil, políticos e alguns juízes claramente usam desta técnica de Overton para preparar nossas cabeças a aceitar uma reforma política que adote o sistema de votação em listas fechadas, ( que perpetuará no poder esta "equipe" que dominou o Congresso) e do financiamento público para eleições. O próprio ministro do TSE Gilmar Mendes deu a deixa , injetando estas ideias nas discussões  sobre a tão necessária  reforma política. Repito o que já disse, meu voto não é ficha de roleta viciada para que me obriguem a votar em lista fechada que  vai beneficiar muitos políticos  citados na Lava Jato. Nem meu bolso está disponível para financiar campanhas desta classe de gente! Seria o mais execrável imposto a que estaríamos submetidos!  

Façam uma reforma digna, moderna e limpa. Que tal o voto distrital, que tal criar cláusulas de barreira para impedir que partidos de aluguel possam proliferar...e que ao final do processo acabem por eleger candidatos sem votos graças às coligações nas eleições proporcionais realizadas por interesses meramente eleitoreiros!? 

 Chega de manipulação! Entendam de uma vez que o Brasil e os brasileiros mudaram, e que não vamos engolir a pílula passivamente! 

Enviado por 
Mara Montezuma Assaf