Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

No meio do caminho

 
 
 
Vivemos numa época em que ser lésbica ou ser gay se tornou um 'must' em algumas  novelas, que mostram, principalmente aos mais inseguros, que ficar no meio é bem melhor. 
 
Novela é a melhor forma de disseminar uma ideia, embora ser homossexual já tenha se concretizado. 
 
Existe uma linha bastante tênua entre a dúvida que assola muitos (ou muitas?) : ser metrossexual.
 
Com a ajuda de depilação, os homens resolveram dar adeus aos pelos que infestavam seu corpo;  fazem, agora,  diversos tratamentos de beleza; os piercing viraram brinquinhos ou brincões.  Talvez por inveja, resolveram até usar calcinhas  rendadas.  E sutien !
 
É só imaginar a cena:  Um casal vai a um motel. Chegando lá, ele tira a roupa e mostra suas rendas escondidas até então.  Aí a pobre moçoila, que não esperava aquilo, começa a gritar:  SOCORRO, ROUBARAM MINHA CALCINHA! 
 

 
 
Então, ao aderir ao must do momento ela decida se tornar lésbica.
 
 
 
Que os heterossexuais façam suas manifestações. 
Sugiro que tais manifestações e/ou passeatas sejam feitas principalmente no
dia 19  de novembro,
Dia Internacional do Homem .
 
E PALMAS PARA ELES...
OS QUE AINDA RESTAM.