Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

sábado, 18 de julho de 2015

Discursos inconsequentes e populistas

 
"Somos uma região onde a DEMOCRACIA floresce e amadurece." TAMBÉM ENVELHECE?  (a primeira frase foi dita pela PresidentA Dilma)
 

ADVERTISEMENT

Ao elogiar a igualmente socialista Cristina Kirchner, Dilma  disse que a presidente argentina imprimiu posição firme e DEMOCRÁTICA a seu país. Se uma posição  firme e DEMOCRÁTICA tem a capacidade de levar a   Argentina ao estado em que chegou parece que uma moleza antidemocrática seria melhor! 
 
Também protagonizando uma forte crise em seu país, Cristina Kírchner lembrou a cláusula DEMOCRÁTICA do Mercosul, que exclui o país onde há o rompimento da DEMOCRACIA. Esse princípio, segundo Cristina, deve ser levado a cabo não apenas no aspecto jurídico, mas também nos planos político e social. (texto   retirado de um site do jornal O GLOBO)
 
— Qualquer Estado integrante do Mercosul, ou da Unasul (União de Nações Sul-Americanas), em que o governo seja removido por outro que não seja produto de eleições livres, populares e DEMOCRATICAMEMTE eleito perde o caráter de Estado membro.
(dito por Cristina Kirchner )  

 
Quando um politico falar muito em democracia,
desconfie do efeito destruidor dele.
Além de  estar abraçado com o comunismo
ele  poderá arruinar o seu país. 

Toda vez que a nossa atual presidentA resolve falar, ela fala em ditadura, que já se foi há muito tempo, ou  de sua época 'sofrida' de 'guerrilheira torturada' (aquela terrorista ignorada na época).
 
Quando o seu criador fala, insiste em citar a desigualdade social ou a miséria (que já deveria ter sido exterminada, o que ele jurou que havia feito sem fazer).  Incansalvelmente (para ele) fala na 'zelite' e 'nos pobri'. 
 
 
CHEGA DE POPULISMO!