Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

domingo, 26 de julho de 2015

Enquanto pagamos as sujeiras políticas ...

 

 
 
Tudo ou nada Dilma Rousseff fará em agosto uma ofensiva para demonstrar sustentação política, social e econômica. Intensificará viagens, anunciará programas e reforçará marcas populares do primeiro mandato. Por sugestão de L---, a presidente se reunirá com todos os movimentos sociais próximos ao PT, fotografará ao lado dos governadores do país inteiro e retomará o “conselhão”, fórum do Planalto com empresários. Tudo para se contrapor a uma agenda de desgaste prevista para o mês.
 
 
Armadilha Além das manifestações oposicionistas de 16 de agosto, o Palácio tenta reagir ao julgamento das contas do governo no TCU e ao retorno do recesso parlamentar com diversas CPIs contra Dilma no forno do Congresso.
 
...
 
Chega, setembro “Precisamos combater o mês do cachorro louco” (DEVE SER AQUELE CACHORRO QUE DE TÃO LOUCO MORDE O PRÓPRIO RABO!), diz um ministro de Dilma, ...  http://painel.blogfolha.uol.com.br/2015/07/26/para-se-contrapor-a-agenda-negativa-dilma-programa-ofensiva-em-agosto/
 
 
Mão na massa O Planalto também convocou uma reunião com líderes da base aliada para o primeiro dia útil após o recesso parlamentar, em 3 de agosto. Dilma vai abrir a reunião pessoalmente, mas é Michel Temer quem deve conduzir a conversa.
 
 
Todo poderoso Auxiliares de Dilma avaliam que o destino das contas do governo no TCU “está nas mãos” de Renan Calheiros (PMDB-AL). Para o Planalto, o presidente do Senado poderia influenciar o voto de três ministros: Vital do Rêgo, Raimundo Carreiro e Bruno Dantas.
 
 
Sem digitais A bancada do PSDB na Câmara tentará disfarçar, mas vai “para cima do governo” em todas as votações patrocinadas por Eduardo Cunha contra o Planalto.  ELES, DE TODOS OS PARTIDOS SÃO PAGOS PARA NOS REPRESENTAR E VOTAR DE ACORDO COM NOSSOS INTERESSES E O Q E É MELHOR PARA O PAÍS, NÃO DE ACORDO COM INTERESSES POLÍTICOS, SEJAM ELES QUAIS FOREM !
 
 
Vaso quebrado Não anda bem a relação do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, com o secretário-executivo da pasta, Tarcísio Godoy. Os dois andaram se estranhando. Apesar do distanciamento, integrantes do governo dizem que, por ora, Godoy fica.   E O LEVY?  POR ACASO A ECONOMIA DO PAÍS POR ORA VAI BEM?
 
 
MAIS GASTOS - ‌Malhação O Planalto abriu licitação de R$ 49 mil para comprar equipamentos para treinamento físico dos seguranças de Dilma e Temer. São 60 bolas de futebol, futsal, basquete, tênis e vôlei, além de redes, apitos, halteres e colchonetes. CRISE? QUE CRISE? ELA, A CRISE, É SÓ NOSSA, QUE PAGAMOS AS TRAPAÇAS DELES.