Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Sindicalizou



" Nos últimos oito anos, foram criados no Brasil mais de 250 sindicatos por ano. De 2005 para cá, 2.050 sindicatos surgiram no país, somando 15.007 até a última sexta-feira. Somente neste ano, já nasceram 57 novos sindicatos. E algumas dessas entidades são criadas apenas para arrecadar a contribuição obrigatória, admite o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas. Esses sindicatos movimentam pelo menos R$ 2,4 bilhões, valor do imposto obrigatório em 2011, segundo o Ministério do Trabalho.
... "  Artigo  completo>  http://oglobo.globo.com/economia/com-mais-de-250-novos-sindicatos-por-ano-brasil-ja-tem-mais-de-15-mil-entidades-8237463#ixzz3ghoRSaMw





É OU SERIA?        
A única função dos sindicatos,
é a de "representar os interesses dos trabalhadores" ,
visando o seu bem estar.
 
                             

Dirigentes de sindicatos enriquecem com desvio de dinheiro - Presidente que empregava parentes e família pode ter desviado R$ 100 milhões. Até passeio pela Disney foi feito com o dinheiro dos contribuintes.  

A missão de um sindicato é lutar por benefícios para os trabalhadores. Certo? Mas em vários lugares do país, não é isso o que vem acontecendo. Esses sindicatos são controlados por dirigentes corruptos, e no fim, o dinheiro sai do bolso do trabalhador e vai direto para o bolso deles.  http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2015/06/dirigentes-de-sindicatos-enriquecem-com-desvio-de-dinheiro.html
14/06/2015
 
 

REPRESENTANTES DE QUEM?

O sindicalista do ETC. e similares

Ex-deputado, Fernando Antônio Bandeira é dirigente de três entidades; e criou uma para a irmã

 
Nada menos do que 48 palavras são necessárias para dar nome às três entidades de que Fernando Antônio Bandeira, de 69 anos, é dirigente, no Rio de Janeiro. Ex-deputado estadual pelo PDT, ele é atualmente secretário-geral do Sindicato dos Vigilantes e Empregados em Empresas de Segurança, de Vigilância, de Transporte de Valores, de Prevenção e Combate à Incêndios, de Cursos de Formação, Similares ou Conexos (Sindvig). No Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), está na função de tesoureiro. Por fim, é presidente do Sindicato dos Empregados de Agentes Autônomos no Comércio e Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisa (Sindaut), organização que ganhou até um apelido carinhoso.  — Realmente, muita gente pergunta a que categoria a entidade que presido atende. Pegamos aqueles trabalhadores terceirizados, que não se enquadram em nada, de pequenas empresas, escritórios de advocacia, de contabilidade... É o que chamamos de “Sindicato do Etc.” brinca. 
 

 Ser sindicalista deve ser muito bom. 
Tão bom quanto ser deputado ou presidente da República.
 
LARGUEM O O OSSO...
PARA QUE OUTROS POSSAM MORDER.