Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

AS FORÇAS ARMADAS E O POVO



O povo brasileiro não deve temer (*). As Forças Armadas continuam tranquilas, armadas, adestradas e prontas para cumprir a sua importante destinação constitucional. Todavia, esse mesmo povo escorraçou os governos militares exigindo as "Diretas Já". Esse mesmo povo assistiu o presidente Sarney elevar a inflação ao nível de 80% ao mês. Esse mesmo povo votou no irresponsável Collor de Melo. Esse mesmo povo votou no analfabeto L--- e assistiu de camarote a patifaria do "mensalão". Esse mesmo povo descaradamente votou na presidentA indicada pelo mesmo L---.  Esse mesmo povo perdeu a grande oportunidade de mandar os petralhas para o inferno nas últimas eleições. Esse mesmo povo vai ter que aturar mais quatro anos da ditadura Dilma. Esse mesmo povo não sabe o que quer.
Os militares não podem derrubar um governo legalmente eleito por esse mesmo povo, muito embora as atuais eleições sempre exalem um mau cheiro de fraude. Quem quiser pode ler o artigo 142 da Constituição Brasileira que vai encontrar detalhadamente a honrosa missão das Forças Armadas. Se houver um motivo altamente relevante para os militares intervirem no Poder, esse mesmo povo vai dizer que os militares brasileiros são golpistas.
Portanto, meu povo, as urnas estão de braços abertos esperando a sua manifestação de cidadania. Deixem os militares em paz. Eles estão alerta.
José Batista Pinheiro – Cel Rfm EB  
 

(*)  De acordo com o Cel. José Batista Pinheiro, o povo brasileiro não deve temer.  Ou será que teremos um Temer em substituição à Dilma, caso ela 'caia' de vez?  O povo brasileiro merece que os militares saiam em sua defesa, ou lhes dê a força tão faltosa aos eleitores?   Por qual motivo os militares se tornaram 'ditadores' ?  Eles quiseram ou fomos nós que quisemos? Qual a ditadura melhor?  A militar ou a ditadura de um povo abandonado por falsos socialistas?  TEMOS O GOVERNO QUE MERECEMOS.