Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

domingo, 28 de maio de 2017

MANGUEIRA, teu 'cenário' é um tiroteio


 

Na sexta-feira passada, 26 de maio, DUROU MUITAS HORAS um tremendo tiroteio vindo da favela da Mangueira. Entretanto até parece que  é como se na Mangueira houvesse apenas samba, suor,  cerveja ...  e barulho.  MUITO BARULHO!  

Não seriam apenas tiros de armas, pois, pelos estrondos,  parecia haver também muitas explosões decorrentes de bombas ou granadas que estariam sendo lançadas.
 
O problema não se resumiu apenas aos tiros, aparentemente muito próximos e ao  barulho de guerra.  Depois que os tiros cessaram, carros voltavam até mesmo na contramão para escapar de um arrastão bem oportuno à tal situação caótica .

Nada foi noticiado nos jornais sobre um assunto tão escabroso.  Porém, se algum bandido tivesse morrido durante o tiroteio o caso provavelmente se tornaria manchete de jornais e veríamos a mãe chorosa e desesperada enaltecendo o indivíduo morto. 

A mídia também é responsável pela insegurança que se instalou no Rio de Janeiro, ao enaltecer bandidos e criticar policiais.


Rio ou Choro de Janeiro,
pois não há motivo algum para rir!
 
Rir de que? 
De uma cidade que já foi grandiosa
e se tornou apenas um balneário
onde o perigo anda ao nosso redor?



 AVISO AOS CARIOCAS:  Chegará o dia em que meliantes armados baterão à nossa porta dizendo:  "Sai porque agora isso aqui é meu." E seremos obrigados a sair deixando para trás (e bota para trás nisso!) o que levamos anos para conseguir com nosso trabalho.