Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

sexta-feira, 6 de março de 2015

De quem é o medo ?

O palavrório do nosso ex-presidente da República foi apenas um modo de nos acuar.  Caso tudo não passe de uma forma de se defender num modo imoral de atacar quem vai às ruas no próximo dia 15 de março, exigir os direitos devidos.  No fundo, mas bem lá no fundo, de quem é o verdadeiro medo?  De quem exige respeito ou de quem quer se aproveitar da atual situação?

  

Recado cifrado de L---:

Maduro vai nos defender no dia 15 de março

 
O ex-presidente L--- (que tenta salvar Dilma com passes de mágica,  posando de gênio da garrafa) disse na outra semana que o “exército do Stedile do MST”  iria para as ruas, defender o PT. L--- referiu que os petistas também sabem brigar, “sobretudo quando o Stédile (João Pedro Stédile, um dos líderes do MST) quer colocar o exército dele nas ruas”.
 
O blog vai provar para vocês, com um diapasão tocado desde outubro passado, que esse exército do MST é na verdade o exército de Maduro –pronto para colaborar com a baderna, caso o dia 15 de março calcine o PT.
 
Arapongas já infiltram Black Blocs para atazanar dia 15 e quebrar tudo. O MST já vem sendo treinado pelos venezuelanos.  
 
Os milicos entenderam o recado do L---. E o Clube Militar foi pra cima e metralhou o discurso do ex-presidente Luiz Inácio L--- da Silva em durante o ato em defesa da Petrobras, na última terça-feira (24), no Rio de Janeiro.
 
O Clube Militar chamou L--- de “agitador”, referindo ser  ”inadmissível um ex-presidente da República pregar, abertamente, a cizânia na Nação”.
 
A nota do Clube Militar estabeleceu, como vocês já leram: “Neste País sempre houve e sempre haverá somente um exército, o Exército Brasileiro, o Exército de Caxias, que sempre nos defendeu em todas as situações de perigo, externas ou internas”, diz a nota. O texto também faz referências a Operação Lava Jato da Polícia Federal que investiga denúncias de desvios e corrupção na Petrobras. “O que há mais por trás disso? Atitude prévia e defensiva de quem teme as investigações sobre corrupção em curso?”, questiona a publicação. 
 
Confira aqui a íntegra do texto do publicado pelo Clube Militar. http://jurema-cappelletti.blogspot.com.br/2015/02/pensamento-do-clube-militar.html
 
Por que L--- deu o recado conectando suas forças armadas pessoais, em defesa do PT, às forças do MST? Porque, para o bom entendedor, meia palavra basta. O recado de L--- foi: se a Lava Jato me fulminar, as forças de Maduro me ajudamLoucura? Não!  Stédile fala diariamente com o pessoal de Maduro. E não é de hoje…
 
Em 29 de outubro do ano passado este blog noticiou com exclusividade que o ministro das comunas da Venezuela, Elias Jaua, havia vindo ao Brasil treinar nosso MST. Tudo estava claro no site do Ministério do Poder Popular Para as Comunas e Movimentos Sociais.
 
 
Trouxemos também a carta que ele foi obrigado a escrever, pedindo desculpas por ter plantado seu revólver em sua babá, para poder invadir o Brasil armado, e assim, quem sabe, dar aulas de tiro ao alvo para o MST.
 
A PF abriu inquérito para investigar o caso, citando como inicial nosso post.
 
Vejam a inicial da PF repercutindo na Venezuela, com menções ao post desse blog: http://www.lapatilla.com/site/wp-content/uploads/2014/11/Jaua-ninera-5.jpg
 
O general reformado venezuelano Antonio Rivero denuncia que há na Venezuela 20 mil cubanos treinados para entrar em guerra, contra a própria população venezuelana, se necessário, para apoiar Nicolas Maduro e manter o chavismo vivo.
 
Segundo ele, dos 100 mil cubanos que vivem na Venezuela, 20 mil foram devidamente “treinados para guerra”.
 
Sabem quem comanda esse exército cubano, segundo o general?  Ninguém menos que Elias Jaua, que veio armado ao Brasil treinar nosso MSTOu seja: vir armado ao Brasil, e encontrar-se com o MST, era um passo apenas de Elias Jaua, para montar uma milícia bolivarista, junto com Cuba.  Mais detalhes aqui: http://elimpulso.com/articulo/cuba-tiene-20-000-hombres-listos-para-luchar-en-venezuela-segun-antonio-rivero
 
Também já relatei à vocês que um tradutor, que trabalhou na Copa, entrou em contato com este blog. Ele acompanhava Elias Jaua e uma comitiva de 50 venezuelanos: com todas as despesas e estadias, refere o tradutor, pagas por duas empreiteiras ora investigadas pela PF na Operação Lava Jato. Seria uma parte do pagamento por Elias Jaua ter arrumado obras na Venezuela, para tais empreiteiras brazucas, obviamente sem licitação. 
 
Pegaram as conexões? L--- mandou um recado cifrado, do tipodecifra-me ou te devoro…”