Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Quarta-feira de cinzas

 
 
Não adianta as pessoas encherrem a cara de chop e outras bebidas.  Não  adianta também sairem às ruas em bloco para esquecer seu dia-adia na folia  ("São três dias de folia e brincadeira...") como se a nossa vida fosse uma maravilha. Não adianta de nada sorrir para os jornalistas e aparecer na TV aparentando uma alegria e uma felicidade que não existem.
 
Que o Brasil é o país do Carnaval, não há dúvida.  Só com muito Carnaval conseguimos esquecer as grandes patifarias a que somos submetidos sem saber ou querer reclamar, pois é mais fácil rebolar.

Não é à toa que o povo brasileiro  estica cada vez mais essa maneira de enganar a realidade que um dia vai chegar, por mais tempo que dure nosso Carnaval, porque ele não vai durar a vida inteira.


 
Vamos às ruas de novo, agora com novo objetivo. 
Mostrar não nossa alegria fabricada, mas nossa indignação.