Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

CPMF e s eu retorno


O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, afirmou nesta quarta-feira (20), que a recriação  é uma "poupança necessária" (sic) e "receita extra" para o país atravessar "uma fase de maior turbulência econômica". Segundo ele, apesar das resistências, o governo trabalhará pela aprovação do tributo pelo Congresso até maio, de forma que ele possa vigorar já a partir de setembro.

" "Nesse momento, a CPMF é uma poupança necessária para atravessarmos esse período de maior instabilidade,
enquanto atuamos em outras áreas da política fiscal,
enquanto fazemos reformar estruturais para controlar o crescimento do gasto público",
disse, em entrevista durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos. "
 

"Hoje, a melhor alternativa é aprovar um aumento temporário da receita para que a economia se recupere mais rápido.                   Sem esse aumento temporário da receita, a economia vai levar mais tempo para se recuperar", afirmou. 
http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/01/barbosa-diz-que-cpmf-e-poupanca-para-pais-atravessar-turbulencia.html


CPMF significa Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira, um imposto cobrado por TODAS as movimentações financeiras feitas por pessoas jurídicas e físicas. - Vigorou entre 1996 e 2007. O artifício usado para criar a maldita CPMF era melhorar a  Súde, embora nunca tenha usado para esse fim. 

 
 Imposto é visto, principalmente,  como todo o montante de dinheiro que os cidadãos de um país devem pagar ao Estado para garantir a FUNCIONALIDADE de serviços públicos e coletivos, caso eles funcionem.  Mas também pode ser considerado algo que se impôs.

CPMF incidirá sobre todas as movimentalções financeiras feitas, seja o valor pago por quem paga e sobre o mesmo valor ao ser recebido.  Por seu efeito cascata sempre foi detestado principalmente por quem sabe sobre o s eu dinheiro que está indo pelo ralo sem retribuição alguma.
 
O atual Ministro da Fazenda está de debochando dos brasileiro que pagarão pela roubalheira política? 
É mais uma tapeação? 
Será que ele pensa que todos já estamos idiotizados por seu partido ?