Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

sábado, 28 de janeiro de 2017

Preconceitos


Defesa de mulher de Cabral diz que denúncia 'beira preconceito de gênero.
A defesa da advogada Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador Sérgio Cabral, atualmente presa em Bangu em razão da operação Calicute, afirma que a denúncia formulada pelo Ministério Público Federal contra ela "beira o preconceito de gênero".
...
Da mesma forma que o ex-presidente se vale de uma possível (*) perseguição,  a mulher do Cabral se vale de um possível preconceito contra a mulher, no caso da sua prisão mais do que merecida.


Agora é assim: se prendermos um negro, se trata de preconceito racial, uma mulher é preconceito de gênero, se prendermos um gay ... também é preconceito.  TUDO É PRECONCEITO. Como tudo é preconceito, sou preconceituosa, sim.  PORTANTO, SE ME PRENDEREM, SERÃO ACUSADOS DE PRECONCEITUOSOS.


(*) diria que a perseguição a que se referem os defensores do nosso ex-presidente não é possível, mas impossível,  pois a exigência de um caráter decente já chegou a outras pessoas que foram devidamente presas.  Ele, sim, já deveria estar preso há muito tempo, embora   continue por aí, "livre leve e solto", como uma borboleta.