Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

DIAGNOSTICO tem seu preço?

 
 
Dizem que Eduardo Cunha teria  entregue  um laudo médico comprovando ter ele um aneurisma.  Quantos presidiários, COMO ELE, têm aneurisma e nem sabem?  
 
 
 
Porque Eduardo Cunha se recusou a fazer um exame pericial para constatar seu aneurisma?  Seria esse diagnóstico verdadeiro ou quanto teria custado?   Outra pessoa, que cometeu algum crime e por isso está presa, EXIGIRIA, COMO ELE,  o direito de criticar o presídio a que tem direito?  Quem comete um crime, sabe que corre o risco de viver num cabículo - e sem vantagens ? Ou pode EXIGIR alguma coisa?


"O diretor do Depen disse que Cunha informou sobre o aneurisma em dezembro, quando foi preso, mas que nunca entregou os laudos. Segundo o diretor, Cunha se recusou, na quarta (8), a fazer exames que comprovassem o aneurisma. Essa recusa seria inclusive uma infração disciplinar." -  http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2017/02/cunha-se-nega-fazer-exames-mas-apresenta-laudos-sobre-aneurisma.html
 
 
 
Os presídios brasileiros são péssimos!  Além da superlotação têm outros problemas infernizando a vida de criminosos. Injusto demais manter pessoas, que já foram julgadas inocentes, presas à espera de serem soltas, o que demonstra a inépcia da nossa Justiça.
 
 
Deixando a falsidade de lado, 'responda aos seus botões',
sem ninguém precisar saber o que você pensa : 
 
 
Vamos supor que um criminoso tenha matado sua filha ou um ente querido seu,
você gostaria que ele tivesse uma vida confortável?