Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Foro "privilegiado"


Segundo Gilmar Mendes, discutir a existência do "foro privilegiado" seria uma ingenuidade.  Claro que a extinção de uma única 'vantagem', por mais imoral que seja,  não resolveria todos os problemas brasileiros, mas seria um passo à frente a ser dado.


É fácil a cada uma das classes  se concederem diversas vantagens, caso  pudessem fazê-lo, como é o caso dessa politicalha que está à solta "pela" aí .  


Fizeram, um dia, uma enquete e foi descoberto que mais de 70% (SETENTA POR CENTO!)  dos eleitores que responderam às perguntas feitas  agiriam da  mesma forma desonesta   de nossos "representantes".  Ou seja, segundo uma enquete como essa  a  maioria dos brasileiros é igualzinha aos parlamentares  que escolhem para representá-los!


Já imaginaram se os traficantes pudessem traficar, se os viciados pudessem se drogar, se os sonegadores pudessem sonegar e os assassinos pudessem matar à vontade, sem punição?   Já imaginaram a bagunça que estaria espalhada caso  todos nós pudéssemos elaborar leis que nos garantissem tudo o que fosse do nosso agrado e do nosso interesse?    Só não podemos esquecer que a bagunça já anda um tanto institucionalizada!


Foro em debate

Merval Pereira

O debate sobre o foro privilegiado está ganhando corpo não apenas porque o ministro do Supremo Luis Roberto Barroso fez uma sugestão sobre sua limitação, mas principalmente porque está prestes a ser divulgada uma série de delações premiadas de executivos da Odebrecht que transformarão em alvos de investigação pelo Ministério Público e Polícia Federal centenas de parlamentares e ex-parlamentares.



COMPLETO: 
http://blogs.oglobo.globo.com/merval-pereira/post/foro-em-debate.html