Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Racismo "às avessas" !




Quem quiser comprovar os fatos  basta clicar o site
Titulo:Magistrada aposentada reivindica título de primeira juíza NEGRA do país”,
 (JOSÉ MARQUES DE SÃO PAULO  - 12/02/2017 )
 
No texto citado, pelo menos 3 NEGRAS 'brigaram'  pela condição de ser vista como "a primeira juíza NEGRA do Brasil", como se isso fosse uma grande novidade:  Luislinda Valois , Mary de Aguiar Silva e Alexandrina de Almeida Santos


O  texto, considerado um louvor a Mary de Aguiar Silva e a todas as NEGRAS que alcançaram tal cargo, usa a palavra NEGRA diversas vezes.  Porém, muitas são as  brancas que não se tornaram juízas como as negras citadas no artigo.
 Diziam que havia, no governo Temer, a  ausência de mulheres e negros no primeiro escalão federal.  Ele rapidamente resolveu o contrário, dando às negras e às mulheres um cargo no Governo. Pela lógica, tanto faz a cor ou o sexo dos ministros, quando importante  deveria ser sua habilidade técnica para o cargo que deverá ocupar, embora os interesses políticos  tenham mais importância. 

 Quem foi a primeira branca juíza ?

 Começo a achar 

que o preconceito racial
 também vai contra as
mulheres brancas.
 
NB.: Tanto faz se um juiz chegou primeiro ou em último lugar.  Tanto faz se ele é negro ou branco.  O que importa é ele ser muito competente naquilo que faz.