Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

EM QUEM NÃO VOTAR

 
 
NÃO TEMOS UMA PESSOA CONFIÁVEL
 

EM QUEM VOTAR
 
PARA A PRESIDÊNCIA DO NOSSO PAÍS?
 
 
 
Jair Bolsonaro  sempre me pareceu um dos mais confiáveis candidatos à Presidencia da República, embora não ser capaz de dar a ele meu voto, por sua conduta.   Aí surge um grande motivo para que ele jamais seja votado:  JÁ ESTÁ FORMANDO SEU CLÃ. E COM UM IRRESPONSÁVEL 
 
DE IRRESPONSÁVEIS JÁ ESTAMOS CHEIOS!
 
 
O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) não ficou satisfeito com a ausência do filho e colega na Câmara Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) da votação para presidência da Casa, no último dia 2 de fevereiro. Encerrando a disputa com apenas quatro votos e amargando o último lugar entre os seis concorrentes, Jair Bolsonaro foi flagrado discutindo com o filho no WhatsApp. As mensagens, que mostram uma briga entre os dois políticos por causa da eleição, foram flagradas pelo fotografo Lula Marques, de Brasília, e levantam suspeitas. De acordo com as fotos, Eduardo Bolsonaro leva um esporro do pai que, em determinado momento, afirma que não visitaria o filho na Papuda, um Complexo Penitenciário no Distrito Federal.
Confira a integra do diálogo:

Jair Bolsonaro diz:  “Papel de filho da puta que você está fazendo comigo. Tens moral para falar do Renan (outro filho de Bolsonaro)? Irresponsável. Mais ainda, compre merdas por ai. Não vou te visitar na Papuda, se a imprensa te descobrir ai, e o que está fazendo, vão comer seu fígado e o meu. Retorne imediatamente”

Eduardo Bolsonaro diz:
“Quer me dar esporro tudo bem. Vacilo foi meu. Achei que a eleição só fosse semana que vem. Me comparar com o merda do seu filho, calma lá.
 
 
ERROU DUAS VEZES (sem contar os erros anteriores). Além de Eduardo Bolsonaro chamar seu próprio irmão de MERDA, mostrou que é um irresponsável ao nem saber quando seria a votação na Câmara”.
 
 
É MAIS PERIGOSO DO QUE PODE PARECER!
Quando um político, qualquer que seja ele, monta seu clã na política,
está arranjando um jeito de se eternizar no poder...
que pode acabar na Papuda.