Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Audiência amanhã


COLOCADO NO FEICIBUQUI
 
 
 
 
Marco Antonio Villa está sendo processado pelo antecessor de Dilma na presidência, o iniciador do buraco negro em que o Brasil entrou  (ou foi empurrado). 
 
 
Marco Antonio Villa cometeu, segundo o ex-presidente, um crime terrível contra sua reputação, por ter dito o que todos nós já estamos fartos de saber:  que ele é o chefe da quadrilha que se apoderou do Brasil, um ladrãozinho chinfrim, que enriqueceu no poder às custas de muita corrupção e negociatas com grandes empresas.
 
 
A audiência será amanhã, às 15h, no Fórum da Barra Funda, em São Paulo.
 
 
Se você acha que Villa está correto, venha apoiá-lo de alguma forma. Quem puder ir até a porta do fórum, ótimo, Lá estará um grupo de pessoas que já está  de saco cheio de tanta patifaria.  Quem não puder ir, compartilhe o banner, peça aos amigos para compartilhar, mostre seu apoio nas redes sociais. 
 

Não é só o historiador que estaremos defendendo, mas também a 
liberdade de expressão e de imprensa
garantidas na Constituição!
 
 
 
 Marco Antonio Villa é um historiador brasileiro, mestre em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1989) e doutor em História Social pela USP (1993). Professor aposentado da Universidade Federal de São Carlos, atualmente publica comentários e análises em seu blog, chamado "Blog do Marco Antonio Villa". Faz parte da bancada do Jornal da Manhã, na Rádio Jovem Pan, ao lado de Joseval Peixoto, Rachel Sheherazade, Denise Campos de Toledo e Anchieta Filho. Participa semanalmente da segunda edição do Jornal da Cultura, apresentado por Willian Corrêa, integrando a bancada como comentarista, ao lado do ex-deputado Airton Soares.