Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

terça-feira, 3 de novembro de 2015

VALE TUDO eleitoral



FALTA VERGONHA A QUEM SE CANDIDATA .
FALTA TAMBÉM A QUEM VOTA E SE ARREPENDE DEPOIS. 

Apontado dentro do PT como único nome capaz de evitar que o partido saia da eleição municipal do próximo ano com uma derrota avassaladora, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, apostará justamente no descolamento da legenda para tentar conseguir reeleger-se na maior cidade do país.

 Para se manter no poder da enorme cidade de São Paulo e sustentar um partido decrépito e sujo por tantos escândalos, quem é favorável a mais uma indicação do ex-presidente da república procura passar uma imagem ao candidato de uma pessoa  'livre. leve e SOLTA" , embora seja petista. 

Quando se fala em afastamento eleitoral, nada melhor que : 
 
É como disse nossa presidentA:  "Nós podemos fazer o diabo quando é a hora da eleição" (2013).  Pois é mesmo! Para se reeleger Haddad será capaz até de apontar seu dedo e criticar a presidentA Dilma Rousseff , o que nem é muito dífícil de fazer agora,  mesmo ela sendo petista como ele.  Entre as estratégias petistas está o afastamento de Haddal do falido governo atual.
 

A menos de um ano da eleição, o percentual da população que considera a sua gestão ruim ou péssima subiu de 44%, (registrado em fevereiro) para 49%. Já o total dos que classificam a administração como ótima ou boa caiu de 20% para 15%. A avaliação regular passou de 33% para 34%. 
 
Os paulistas que nele votaram lembram que Haddad foi o Ministro do kit-gayMinistério da Doutrinação Petista junta forças com CPF da ditadura imoral pseudocientífica - Depois de mais de um ano do escândalo do kit gay, onde o Ministério da Educação sob Fernando Haddad deu milhões de reais para a ABGLT para a elaboração do infame kit gay, os estrategistas do PT finalmente conseguiram uma manobra para contornar o escândalo e utilizar uma roupagem “científica” para avançar a doutrinação pró-homossexualismo nas escolas. 
http://juliosevero.blogspot.com.br/2012/09/ministerio-da-educacao-prepara-novo-kit.html