Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

ENDEUSAMENTO

 
Vá de retro!
A era Kirchner está chegando ao fim?
 
 
 
SIMBOLISMO
 
O jornal O Globo é o único jornal que sobrou aos cariocas, a não ser àqueles que só querem saber de futebol ou das presepadas feitas ultimamente pelas pessoas mais em evidência, de preferência às fofocas que envolvem artistas.
 
 
Em uma de suas reportagens o referido jornal diz que "Crise empurra classe média para Macri".  ou seja, esse final de ano está nos acenando com mudanças na América Latina, dependendo das eleições na Argentina e na Venezuela (caso haja).
 
 
Num adendo à reportagem, que fala sobre a perda da indicação Cristina Kirchner nas urnas há o CULTO À PERSONALIDADE que comenta a colocação do nome de Nestor Kirchner em diversos locais, desde ruas e piscinas até linhas de ônibus.
 
 
"... informações e fotos sobre ruas, avenidas, estádios de futebol, piscinas públicas, delegacias, bairros, centros culturais  e até linhas de ônibus,  que , nos úlatimos cinco anos, passaram a chamar-se Nestor Kirchner .  O culto ao antecessor de Cristina Kirchner, alimentado pela própria viúva, está em todo o país.    A mudança de governo  a partir do próximo dia 1o de dezembro, diz Míndez ao GLOBO, "vai limitar este culto a um setor minoritário e poderia, até mesmo, implicar algumas mudanças".
 
Tirando as intenções talvez um tanto escusas da presidente da Argentina, é um hábito endeusar quem já morreu, mesmo que ele tenha sido em vida um tremendo canalha .  Isso podemos constatar nos comentários feitos toda vez que morre alguém.  "Ele era tão simpático, tão adorável, se dava bem com todo mundo, excelente aluno e ótimo tralhador, nuca bateu no marido ou na esposa, muito honesto e dadivoso.   Até parece que só as pessoas muito boas morrem ou que todos  tinham apenas um lado, o lado incontestável.