Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Políticos: O VÍRUS DA CORRUPÇÃO-BEZERRA DA SILVA

O Virus da Corrupção

Bezerra da Silva



Ele vai subir novamente lá no morro
Apertando mão em mão, pedindo voto de novo.
A rapaziada já sabe que é o ladrão do dinheiro do povo!
Toda favela já sabe que é o ladrão do dinheiro do povo!
  
Quando ele está em campanha
Diz que vai resolver toda situação.
Depois de tá eleito adianta o seu lado
E dá uma banana para o meu povão

Perde a credibilidade, a moral e o pudor
Tira o pão da boca das crianças
Do aposentado e do trabalhador!
 
Ele vai subir novamente lá no morro
Apertando mão em mão, pedindo voto de novo.
A rapaziada já sabe que é o ladrão do dinheiro do povo!
Toda favela já sabe que é o ladrão do dinheiro do povo!
 
Na eleição passada,
Através do morro ele se elegeu.
Nada fez pelo pobre favelado
E num boeing de luxo desapareceu.

Foi comemorar a vitória em sua mansão
No distrito federal.
Eu só fui saber que ele estava vivo
Porque saiu como corrupto no jornal.
 
De norte a sul,
De leste a oeste meu irmão.
Como tem político contaminado
Com o vírus da corrupção!
 
Ele vai subir novamente lá no morro
Apertando mão em mão, pedindo voto de novo.
A rapaziada já sabe que é o ladrão do dinheiro do povo!
Toda favela já sabe que é o ladrão do dinheiro do povo! 
  
MAS VOTA ASSIM MESMO.
CADA ELEITOR TEM O LADRAO QUE MERECE
 
Ouvi , indignada, uma pessoa dizer que
 "se fosse político, faria a mesma coisa",
então vota 'mermão".
Pois tu merece ... em dobro.
 
 
 

OBS.:  Um candidato (ou um capacho seu) desceu do seu carrão cheio de adesivos promocionais e veio me dar sua mão. Cruzei meus braços e disse a ele que não iria SUJAR MINHAS MÃOS.  Na mesma hora, meu marido lhe ofereceu o que eu havia me recusado a he dar, como uma forma de abrandar os ânimos.   Por causa de  situações assim, nós combinamos:  meu marido fingirá que não me conhece e seremos felizes para sempre. Quem quiser achar que sou 'grossa', esteja bem à vontade, porque liberdade é meu nome e sou 'grossa' apenas com quem merece.