Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

ABRE AS PERNAS , CORAÇÃO !

 
Dizem todos os jornais e revistas que Dilma cedeu ao PMDB e ao seu criador,
aquela ratazana que pertence a quem lhe oferecer mais .
 
 
O problema  é que aparentemente as 'doações' de Dilma não serviram para nada...
nem para ela nem para o nosso país que está cada vez mais na bancarrota.
 
 
 


"Se for necessário, eu vou para a disputa",
disse a ratazana,
com olho na cadeira presidencial
 
 
A ratazana correrá o risco de por seu nome em cheque. 
 
Existem duas expectativas na candidatura da ratazana:  1 - seria aparecer como se fosse o suposto salvador da Nação e conseguir o cargo que já foi seu, pois seus eleitores ignoram quem é ele, 2 - não conseguir se eleger, depois que a presidentA Dilma acabe de vez com o Partido de Trapaceiros e com o país.
 
Na dúvida, a ratazana ",,, ES5TUDA se lançar como pré-candidato à Presidência , ou seja, a ratazana precisa avaliar se são maiores os riscos ou as vantagens em se lançar um pré-candidato para a presidência em 2018, embora sua candidatura já esteva lançada há muito tempo.
 
 
 
*****
 
Palavras de Josias de Souza:
Ao assumir o seu segundo mandato, Dilma tomou duas providências que considerou prioritárias na época. Numa, acomodou amigos em poltronas que eram ocupadas por olheiros de L... (a ratazana)  no Planalto. Noutra, deflagrou um plano para esvaziar o PMDB. Decorridos nove meses, Dilma descobriu-se sitiada por L--- (a ratazana)  e pelo PMDB. Para não cair, rendeu-se.
Ao ampliar a participação do PMDB num gabinete que prometera enxugar, Dilma entregou os anéis. Ao incluir a pasta da Saúde na cota do pseudo-aliado, ela sacrificou os dedos. Ao mexer na trincheira da Casa Civil, trocando Aloizio Mercadante, seu mais fiel assessor, por Jaques Wagner, um chapa de Lula, Dilma repassou sua alma ao padrinho político.
Está entendido que a maior influência sobre Dilma na redefinição do gabinete ministerial veio de Lula. Afora o fato de ter retomado espaços físicos que perdera —além da Casa Civil, a coordenação política, com Ricardo Berzoini— o morubixaba do PT orientou a elevação do cacife do PMDB.
O que vem por aí depende de duas respostas: 1) como Dilma vai lidar com a ideia de ser uma espécie de ex-presidente da República no cargo? 2) o que L... (a ratazana) planeja fazer com a política econômica do governo? Já se sabe que o dono de Dilma não está satisfeito com o ajuste fiscal de Joaquim Levy.
 
Segundo Josias de Souza, Dilma entregou os anéis.  Será que se foram os dedos?
 


OBS.:  Sob o mesmo título, ABRE AS PERNAS, CORAÇÃO, em 11 de outubro de 2011, já podíamos ver o antigo  'histórico' de Renan Calheiros e  ler  uma  frase em que ele dizia que "A União tem condições de ceder um pouco mais. Espero que a União ceda um pouco mais. 
A União cedeu !
http://puteiro-nacional.blogspot.com.br/2011/10/abre-as-pernas-coracao.html